Crescimento saudável dura a vida toda

Perder peso é mais difícil do que evitar o ganho de peso. Então é importante definir hábitos e comportamentos saudáveis desde o primeiro dia.

Filhote de Maine Coon em preto e branco deitado na frente de uma ilustração da curva crescimento
Filhote cinza e branco deitado em ambiente interno

Estágios de desenvolvimento do meu filhote

Nas primeiras semanas de vida do filhote, ele crescerá e mudará muito rapidamente. No início, os gatinhos são pequenos e fracos demais para andar e, em vez disso, rastejam sobre a barriga, dependendo do olfato para encontrar a mãe para se alimentarem.

Por volta das 8-12 semanas de idade, a gata mãe desmamará seus gatinhos e, depois que cada filhote tiver tomado suas primeiras vacinas, ele terá idade o suficiente para ir para uma nova casa. Aos 12 meses de idade, seu filhote é considerado um gato adulto, mas pode continuar crescendo até os 18 meses.

Entender como a forma e o tamanho normal de seu filhote mudam conforme amadurece em cada estágio de desenvolvimento ajudará você a ficar confiante de que o gatinho está progredindo bem. Ficar de olho em seu filhote e verificar se há alterações em sua forma normal a cada duas semanas irá alertar você sobre algum período de ganho peso prejudiciais para que você possa agir.

As diferentes necessidades de um filhote em cada estágio

Até atingirem cerca de 8 semanas de idade, os gatinhos dependem do leite da mãe para todas as suas necessidades nutricionais. Alimento especialmente formulado para filhotes pode ser introduzido gradualmente a partir das 4 semanas de idade. Quando eles atingem 8 a 12 semanas de idade, as mães desmamam seus gatinhos.

Até a idade de três a quatro meses, os gatinhos terão quase três vezes mais energia do que um gato adulto devido ao período intenso de crescimento. Os alimentos precisam ser densos em energia, ricos em proteínas e altamente digestíveis. Eles também precisam de acesso constante à água limpa e potável.

Entre as idades de 4 e 12 meses, a taxa de crescimento diminui, mas os níveis de atividade aumentam significativamente. Gastar essa quantidade de energia quando começam a correr, pular, brincar e explorar significa que seu filhote precisará comer a dieta correta para refletir isso, em várias refeições pequenas por dia. Por volta dos 12 meses de idade, seu filhote se tornará um gato adulto e pode passar para uma dieta especialmente formulada para suas necessidades variáveis.

Gato ruivo e branco sentado em ambiente interno ao lado de uma tigela de prata
Dois filhotes de gato em pé em ambiente interno, um comendo em uma tigela prata

Um peso saudável começa com hábitos saudáveis

Se o seu filhote comer mais calorias do que o necessário a cada dia, ele começará a ganhar peso. A obesidade em filhotes pode levar a uma série de problemas de saúde mais tarde. Para evitar riscos à saúde do seu pet jovem, é vital que você introduza hábitos saudáveis em sua vida diária desde o início.

É melhor para o seu filhote comer pouco e com frequência, em vez de fazer duas refeições grandes, então experimente dar ao gatinho várias refeições pequenas por dia. Para evitar superalimentação, sempre meça a porção diária do alimento de seu filhote e divida-a de acordo.

Os gatinhos adoram se exercitar e se darão bem em curtos períodos de atividades intensas e brincadeiras. Garantir que esses curtos períodos de atividade lúdica aconteçam regularmente ajudará seu pet a ficar em forma e saudável e, junto com o porcionamento saudável, evitará que adquiram sobrepeso. Ao definir bons hábitos para seu pet com relação a exercícios e porções de comida à medida que crescem, você ajudará seu filhote a manter um peso saudável na vida adulta.

Fale com seu médico-veterinário

À medida que seu filhote se transforma em um gato adulto, é importante ter certeza de que você está ciente da mudança das necessidades em cada fase de desenvolvimento.

Falar com o médico-veterinário e fazer perguntas ajudará você a se sentir confortável de que está atendendo às necessidades de seu novo filhote conforme ele cresce. Gatos filhotes e adultos devem ser registrados com uma clínica veterinária. Isso significa que você pode levar seu animal ao veterinário para cuidados de saúde de rotina e orientação, como vermifugação e castração, bem como qualquer tratamento de emergência.

A orientação e o suporte do médico-veterinário são especialmente importantes quando se trata de fazer alguma alteração na dieta de seu pet ou se você suspeitar que algo pode estar afetando a saúde de seu gato filhote ou adulto. Pedir a opinião de um profissional vai tranquilizá-lo desde o início e ajudar a proporcionar ao seu filhote um começo de vida perfeito.

Filhote sentado em uma balança em uma clínica veterinária
Kitten cats walking outdoors in long grass.

5 marcos-chave no crescimento do filhote

Adult cat lying down on a cat tree scratching a pole.

Itens essenciais para o novo filhote

Kitten playing with a red ball

Como fazer para ajudar seu filhote a ficar em forma

Kitten Sacred Birman sitting indoors eating from a white bowl.

Guia de alimentação de filhotes por estágio de desenvolvimento

Porções saudáveis são menores do que você pensa

Muitos tutores acham que seu gato precisa de mais comida do que realmente precisa. Isso significa que muitos gatos são superalimentados. Isso pode causar ganho de peso e levar a outros problemas saúde.

Porção saudável de alimento
British Shorthair adulto em preto e branco comendo em uma tigela vermelha

O peso saudável não é medido apenas em uma balança

Pesar seu gato não é a única maneira de verificar se ele está com sobrepeso. Você pode descobrir se seu gato está com peso saudável perguntando ao médico-veterinário como usar o Escore de Condição Corporal.

Condição corporal saudável
British Shorthair adulto em preto e branco com ilustração do Escore de Condição Corporal