Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.
Saúde e bem-estar

Cuidados com o seu cão nos últimos anos de vida

Ageing dog standing outdoors with a woman.
Os últimos anos da vida do seu cão podem ser preocupantes para todos, mas com o suporte e os cuidados certos, você conseguirá torna-los felizes e deixa-lo confortável.

Nessa fase é importante dar o cuidado e o conforto de que necessita, bem como colocar o bem-estar e a felicidade em primeiro lugar.

Quais problemas um cão mais velho pode sofrer?

À medida que envelhece, as funções corporais e órgãos do seu cão perdem gradualmente a eficácia. O crescimento e a regeneração das células diminuem, de modo que os cães mais velhos têm mais dificuldade de reparar qualquer dano e se recuperar da doença.

Cães mais velhos podem ter dificuldades com a visão se desenvolverem catarata – uma doença associada ao diabetes mellitus, que pode afetar cães idosos e aqueles com sobrepeso. O mau funcionamento da glândula tireoide, conhecido como hipotireoidismo, é a doença hormonal mais comum entre os cães, enquanto a osteoartrite pode causar a perda de mobilidade do cão devido à degeneração das cartilagens e articulações. Cães idosos também podem ter disfunção cognitiva, em que o fluxo de sangue e oxigênio para o cérebro é reduzido e comportamento deles é afetado.

Como posso cuidar do meu cão idoso?

Check-ups regulares com o seu médico-veterinário são uma das principais formas de detectar, no início, doenças relacionadas com a idade e estabelecer o programa certo de cuidados para o seu cão idoso. Você também pode cuidar da saúde do seu cão em casa para retardar o aparecimento dessas doenças e condições relacionadas:

  • Alimentá-lo com uma alimentação completa e equilibrada nas quantidades certas
  • Manter o peso corporal ideal para evitar doenças relacionadas à obesidade
  • Realizar os cuidados com higiene e beleza do seu cão regularmente: banho, escovação e higiene dental
  • Manter os tratamentos antiparasitas atualizados
  • Exercitar seu cão regularmente, embora as caminhadas possam passar a ser mais curtas

Cão em envelhecimento deitado em um ambiente interno sobre uma manta vermelha.

O que faço se o meu cão idoso estiver sofrendo?

Algumas condições ou doenças terminais podem causar dor extrema ou desconforto em seu cão. Nesse caso, o seu médico-veterinário vai aconselhá-lo a considerar o nível de dor que seu pet pode estar sofrendo por meio da escala de “qualidade de vida”.

Essa escala considera sete fatores para ajudar você e o médico-veterinário a tomar uma decisão sobre como cuidar melhor de seu cão, incluindo higiene, fome, felicidade, mobilidade e se o seu pet tem mais dias bons do que ruins.

Priorizar a qualidade de vida de seu pet significa considerar todas as suas opções, que podem incluir cuidados paliativos e hospitalares até o fim da vida. Esse é o lugar onde seu cão recebe tratamento médico para se sentir feito confortável; por exemplo, ele pode receber quimioterapia ou ter de recorrer a alimentação parenteral, bem como fazer massagem, fisioterapia ou ajustes ambientais.

Se você decidir que a qualidade de vida do seu cão está declinando rapidamente e o desconforto dele é muito grande, com orientação do médico-veterinário, talvez você queira considerar outras opções.

Como um animal de companhia, seu cão terá sido uma parte importante de sua vida por muitos anos. Quando se trata de seus últimos anos, é essencial colocar a qualidade de vida do pet em primeiro lugar. Fale com o médico-veterinário sobre como você pode cuidar de seu cão idoso e quais são as suas opções para priorizar o bem-estar dele.

  • Envelhecimento

Curtir e compartilhar esta página

Artigos relacionados
Ageing Irish Setter lying down indoors.

Como a nutrição de seus cães precisa mudar com a idade

Ageing Golden Retriever lying down in a garden.

Sinais de que seu cão está envelhecendo

Ageing German Shepherd standing outdoors in a field.

Como devo cuidar do meu cão que está envelhecendo?

Cookie Settings