Dando espaço o suficiente para seu gato durante a quarentena

06/10/2020

A pandemia do Coronavírus não afetou apenas nossa vida cotidiana, mas também a de nossos pets. Com a quarentena ainda ocorrendo e muitas pessoas trabalhando em casa, estamos passando mais tempo com nossos gatos do que eles estão acostumados. Na natureza, os grandes felinos dependem totalmente de si mesmos para sobreviver, e esse instinto de independência também está na natureza do seu gatinho. Por isso, é importante verificar se o seu gato não ficou estressado com as mudanças em seu ambiente doméstico e encontrar maneiras de ajudá-lo a aproveitar seu espaço individual.

Cat sitting under a table indoors

 Como gatos podem mostrar sinais de estresse:

  • Maior vocalização
  • Urinando fora da caixa
  • Constipação ou diarreia
  • Dormindo mais do que o normal
  • Se escondendo
  • Se limpando de forma excessiva 
  • Comendo menos

Se você está preocupado que seu gato esteja mostrando qualquer sinal de estresse, você deve visitar o seu médico-veterinário para descartar quaisquer possíveis problemas de saúde. Abaixo estão algumas maneiras de ajudar seu gato a se sentir feliz e relaxado enquanto estão todos em casa.

Dando espaço pessoal para seu gato

Se o seu gato muitas vezes adormece em cima de você, caminha sobre o seu notebook enquanto você está trabalhando ou se enrola na sua cama à noite, você pode se surpreender ao ver gatos e espaço pessoal na mesma frase. Mas permitir que o seu gatinho tenha o controle de como e quando eles têm espaço é fundamental. Isso pode significar deixá-los decidir seu próprio momento para socializar, não forçando-os em conhecer novos pets ou a interagir com você ou outros membros da família.

Sentar-se calmamente em uma sala com seu gato enquanto você lê, ou dizer ao membros da família para não dar atenção ao gato quando ele entra em uma sala, são boas maneiras de deixá-los socializar por conta própria. Nunca encurrale-os ou exagere  muito no contato visual, pois isso pode parecer ameaçador, mesmo se você não tiver essa intenção. Deixe seu gato vir até você em busca de atenção e sempre permita que ele se afaste quando quiser.


Seu gato precisa ser capaz de se afastar quando quiser interromper a interação. Caso contrário, eles terão que comunicar que precisam de espaço de outra forma, e isso pode significar mostrar medo ou agressão arranhando ou mordendo.
Author
— Franck Perón, médico-veterinário especialista em bem-estar animal (European College of Animal Welfare and Behavioural Medicine). Royal Canin Scientific Support Specialist.

Como criar um espaço tranquilo e seguro para gatos

Você também pode dar espaço aos seus gatos, fornecendo zonas seguras para eles circularem dentro de sua casa. Esses espaços podem ser tão simples quanto uma caixa de papelão virada de lado com alguma roupa de cama familiar dentro. O ideal é que eles sejam colocados em áreas de sua casa que tenham uma temperatura agradável e ofereçam um pouco de paz, como um quarto vago ou escritório, e longe de odores fortes como purificadores de ar ou lixeiras
Cat sitting in a quiet area indoors illustration

Frequentemente, os gatos gostam de estar em algum lugar alto, onde possam se esconder e observar os arredores. Portanto, considere a criação de mais espaços verticais, fornecendo plataformas para escalar. Você pode fazer isso com uma árvore para gatos ou com algumas prateleiras fixadas na parede. 

Esses espaços, quando bem feitos, são vistos como um refúgio seguro para o seu gato descansar ou dormir. É importante deixar os gatos sozinhos quando eles estão em seu espaço seguro designado, então permita que eles façam o que quiserem e desencoraje os membros da família de perturbá-los nesses momentos.

Se você tem mais de um gato, é ainda mais importante que eles tenham um espaço para chamar de seu. Você deve fornecer espaços para dormir e descansar, várias caixas de areia (pelo menos uma por gato, mais uma caixa de areia extra) e tigelas de água e comida individuais mantidas em locais separados. Isso ajuda a reduzir a competição e a manter essas áreas pacíficas.

Lendo a linguagem corporal do seu gato

Seu gato usa a linguagem corporal para expressar o que está sentindo, então, apenas observando-o, você será capaz de dizer se ele está com um humor afetuoso ou se prefere um tempo sozinho.

Como saber se o seu gato está pedindo atenção

Se as orelhas do seu gato estão voltadas para a frente e os olhos estão redondos ou estreitos, é provável que ele esteja calmo e contente. Se eles esfregarem a cabeça ou o rabo em você, é um sinal de que eles se sentem próximos de você, então você será bem-vindo ao retribuir seu carinho.

Como saber se seu gato quer espaço

Se as orelhas do seu gato estão achatadas e as pupilas dilatadas, ele pode estar se sentindo agressivo. Se você acariciar seu gato e ele começar a balançar o rabo, pode estar tentando dizer que não está gostando. Ao contrário dos cães, um rabo balançando não é um sinal de felicidade, mas sim um sinal de que eles estão se sentindo inquietos e agitados.

Dando atenção ao seu gato

Embora seu gato aproveite um tempo sozinho, ainda é importante dar atenção em pequenas doses.

Brincar com seu gato é uma ótima maneira de interagir. Não é apenas um exercício saudável para eles, mas mentalmente estimulante e fortalece o vínculo entre vocês dois. Jogos que envolvem perseguição e captura permitem que eles cumpram seus instintos naturais, então tente jogar bolas de jornal enroladas ou bolas de pingue-pongue para mantê-los entretidos. Quaisquer que sejam os jogos que você escolher para jogar com seu gato, é importante usar um brinquedo ou um objeto em vez de suas mãos. Além disso, certifique-se de supervisioná-los e manter cada sessão de brincadeiras com o tempo suficiente.

Ao ficar de olho em nossos pets durante este período desafiador, podemos garantir que as mudanças em nossas rotinas diárias não tenham um efeito negativo em seu bem-estar. Se você está preocupado com o fato de seu gato estar mostrando algum sinal de estresse, fale com seu médico-veterinário para obter mais conselhos.

Voltar ao topo