Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.

Apresentando seu filhote para adultos, crianças e outros pets

Se o seu gatinho tiver uma experiência negativa com uma pessoa ou animal, os efeitos poderão ser duradouros. É crucial que você entenda como fazer cada apresentação para que seu filhote se sinta confortável.

Brown tabby kitten being held by owner in a grey top

Dicas para apresentar o filhote para familiares, amigos e estranhos

Embora o filhote possa rapidamente se sentir confortável com você, a inclinação natural dele para se afastar e esconder pode permanecer quando encontra novas pessoas. Veja nossas principais dicas para apresentações que ajudam os filhotes a ficarem mais confiantes.

Kitten being cuddled by a young boy on a grey sofa

Apresentações graduais

Geralmente é demais para um filhote conhecer muitas pessoas ao mesmo tempo. Deixe-o conhecer cada pessoa individualmente e dê bastante tempo para ele descansar entre as apresentações.

Observe a linguagem corporal

Seu filhote mostrará se precisar recuar e ficar um tempo quieto. Procure sinais de que ele está se sentindo ameaçado, como orelhas achatadas, assobios ou cauda na vertical como uma escova.

Deixe o filhote abordá-los

Os gatinhos tendem a entrar em pânico e fugir quando são abordados muito rapidamente. É melhor pedir às pessoas para se sentarem em silêncio e aguardar o filhote se aproximar delas.

Fique calmo

Peça às pessoas para controlar o entusiasmo, andar devagar e manter a voz baixa para evitar assustar o gatinho.

Não se apresse

Seu filhote pode precisar de tempo para se sentir confortável com cada pessoa. Não apresse as coisas e evite passar o filhote de uma pessoa para outra.

Seja gentil

Peça à família e aos amigos que cuidem do seu filhote com cuidado. Depois de familiarizados, mostre a eles como carregá-lo com segurança, deslizando uma mão aberta sob o abdômen e colocando a outra sob a parte traseira.

Como apresentar seu gatinho às crianças

Os gatos podem ser pets para crianças, mas é importante explicar as regras de cuidar e apresentar o filhote com cuidado. Às vezes, as crianças podem ser muito cruéis ou animadas com os gatinhos, então veja algumas coisas importantes a serem lembradas.

Kitten being held by a young boy on a grey sofa

Deixe o filhote descansar

Seu filhote ainda não é capaz de evitar crianças quando precisa de tranquilidade. Portanto, certifique-se de que as crianças deixem o filhote descansar e nunca o acorde, porque o sono é vital para o desenvolvimento.

Ensine o manuseio cuidadoso

Mostre às crianças como acariciar o gatinho e a pegá-lo deslizando uma das mãos sob a barriga e apoiando a parte traseira com a outra. Inicialmente, é melhor se elas não pegarem o filhote. E assegure-se de que, quando o fizerem, as crianças não o abracem com muita força.

Insista na calma

Peça às crianças para se sentarem em silêncio e aguardar o filhote se aproximar delas. Explique que um comportamento vivaz ou barulhento pode deixar os gatinhos muito assustados.

Brincadeira cuidadosa

As crianças devem entender que o filhote não é um brinquedo. Mostre a elas como brincar com segurança usando os brinquedos do filhote para que todos gostem.

Continue observando

Para evitar arranhões indesejados, é melhor supervisionar sempre crianças pequenas com gatinhos.

Como apresentar com segurança seu filhote a outros pets

É natural que pets, especialmente gatos, sejam territorialistas. Portanto, é crucial se preparar para as apresentações e supervisionar cada uma delas com sensibilidade. Veja algumas dicas importantes para lembrar.

Kitten standing outdoors being groomed by mother cat

Permita que o filhote se acostume primeiro à sua própria área. E verifique se ele passou por um check-up e tomou vacinas antes de apresentá-lo a outros pets

Para cada pet, pegue um pano e esfregue-o suavemente no rosto dele e no rosto do outro animal. Em seguida, coloque-o na cesta para que eles se acostumem com o cheiro desconhecido antes de apresentá-los.

Deixe os pets existentes observarem o gatinho (através do vidro, por exemplo) inicialmente. Depois, permita breves períodos de contato supervisionado em um ambiente neutro antes de avançar para períodos mais longos em alguns dias. Certifique-se de que todos os seus pets tenham um local seguro para onde fugir durante as apresentações.

Os cães geralmente aceitam gatinhos com mais facilidade do que os gatos mais velhos, mas mantenha-os calmos e na coleira ao apresentá-los. Não force nenhum contato; deixe que eles se acostumem um ao outro em seu próprio tempo.

Seus gatos atuais podem se sentir ameaçados pelo filhote, e pode levar dias ou até meses para formarem um relacionamento territorial pacífico.

Todos os pets precisam de seu próprio território para descansar, comer e brincar, e os gatos não gostam de compartilhar bandejas sanitárias, por isso precisam de pelo menos uma cada e mais uma extra.

A primeira semana do filhote

Os primeiros dias e semanas do filhote na nova casa são fundamentais para criar um forte relacionamento com o seu pet. Verifique se o filhote está ambientado e estabeleça uma rotina para garantir o mínimo possível de interrupções para o recém-chegado.

Dia de pegar seu gatinho
Sacred Birman black and white kitten playing with red ball