Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.
Filhote

Quando castrar uma gata?

Gato jovem deitado em uma mesa de exames em uma clínica veterinária.
Muitos tutores optam por castar o gato, e esse é um procedimento seguro e comum. Nosso guia simples para castração explica o que é, como funciona e quais efeitos ela pode ter.

Castrar a gata é uma decisão importante. Isso pode afetar positivamente a saúde e o bem-estar, mas também tem várias complicações e repercussões em potencial.

O que é castração?

Castração é o processo de esterilizar a gata. Em machos, isso é chamado de castração, embora, às vezes, esse termo seja usado para se referir ao processo de esterilização de machos e fêmeas.

Como funciona a castração?

A castração deve ser realizada por um médico-veterinário qualificado e implica uma cirurgia no gato. Ela impedirá que a fêmea produza óvulos que possam ser fertilizados por um macho, bem como impede que o organismo libere hormônios sexuais que atraiam machos.

Quando posso castrar meu gato?

Macho ou fêmea, você pode castrar o gato próximo da puberdade. Em gatas, isso acontece entre seis e sete meses, embora possa ser feito com segurança a partir dos três meses. Filhotes fêmeas tendem a ter o primeiro ciclo estral com seis meses. Você notará uma mudança no comportamento enquanto elas miam muito, se esfregam em pernas ou móveis e adotam uma postura de acasalamento sempre que as costas são tocadas.

Devo castrar minha gata?

Cabe a você decidir se a gata deve ser castrada ou se você quer que ela tenha filhotes futuramente. Há vários benefícios em castrar a gata. O mais importante é que isso pode aumentar significativamente a expectativa de vida.

A castração também pode:

  • Evitar ninhadas indesejadas
  • Reduzir a probabilidade da gata brigar com outras gatas
  • Reduzir a probabilidade de disseminação de DSTs
  • Limitar o número de gatos abandonados de ninhadas indesejadas
  • Reduzir os sintomas do cio, que pode ser barulhento e irritante para os tutores

Como a castração afetará a dieta da gata?

Assim que a gata for castrada, você passará a notar mudanças no comportamento – inclusive nos hábitos de alimentação. O apetite pode aumentar de 20% a 25%, mas o gasto energético real cai 30%. Isso significa que é muito fácil a gata comer demais e armazenar a energia extra como gordura.

Se você optar por castrar a gata ainda filhote, ela continuará crescendo e, portanto, precisa de uma comida que ajude nisso sem estimulá-la a ganhar peso desnecessariamente. Comida específica, formulada para filhotes castrados, é uma das melhores coisas com que alimentá-la nesse momento.

Quais complicações podem existir na castração?

As maiores complicações associadas à castração vêm do peso potencial que a gata pode ganhar, o que, por sua vez, pode acarretar condições de saúde graves. Diabetes e doenças articulares estão ambos ligados à obesidade em gatos, e gatos sedentários ou em ambientes internos podem acabar com problemas digestivos por causa da falta de movimento e de muito tempo perdido nos cuidados com higiene próprios.

Castrar o gato é uma decisão que pode afetar positivamente a saúde e a vida em casa, mas tem efeitos permanentes. Se quiser receber mais conselhos, converse com o médico-veterinário, que será capaz de orientá-lo sobre a melhor forma de agir.

  • Crescimento sustentado

Curtir e compartilhar esta página

Nutrição especialmente desenvolvida para o seu filhote

Fórmulas nutricionais que ajudam a dar suporte ao crescimento saudável e auxiliam no desenvolvimento do sistema digestivo.

Saiba mais
Linha de alimentos Kitten - especialmente desenvolvida para filhotes de gato.
Artigos relacionados
Kitten lying on a table being examined by a vet

Devo castrar meu gato macho?

Adult cat sitting outdoors in long grass.

Quando o filhote se torna um gato adulto?

Two kitten cats one lying down one standing up playing with each other indoors with a brown dog lying down behind.

Dicas para treinar um filhote de gato