Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.
Saúde e bem-estar

Doenças comuns em cães mais velhos

Ageing English Cocker Spaniel lying down outdoors in a field.
Na parte final da vida, o cão pode começar a vivenciar uma dessas condições comuns relacionadas à idade. Saiba mais sobre essa condições e seus tratamentos aqui.

À medida que envelhece, o cão pode sofrer com algumas indisposições comuns que ocorrem quando os órgãos vitais de um cão e as funções corporais começam a desacelerar. Essas condições, apesar de desafiadoras, são tratáveis. Dessa maneira, não deixe de falar com o médico-veterinário ao primeiro sinal de doença.

Catarata e perda de visão em cães idosos

Uma indisposição comum a todas as raças e tamanhos de cão é o desenvolvimento de cataratas. Assim como acontece com os humanos, os cães desenvolvem cataratas quando as células que compõem o cristalino sobre os olhos se acumulam com o passar do tempo e acabam os deixando opacos. Os olhos assumem um tom azulado e a visão começa a se deteriorar.

Os cães com diabetes desenvolvem catarata mais rapidamente, porque ela está ligada a um excesso de glicose no sangue. Como a diabetes em si é mais comum em cães obesos, manter o cão no peso corporal ideal é uma boa maneira de prevenir condições associadas, como catarata. Visitas regulares ao médico-veterinário podem ajudar a identificar essa condição cedo. Em 80% dos casos, a cirurgia de catarata realizada nos estágios preliminares da doença foi bem-sucedida.

Hipotireoidismo em cães idosos

Essa é a doença hormonal mais comum em cães e ocorre quando a glândula tireoide começa a enfraquecer e se torna menos ativa. Embora não sejam completamente claras, as causas do hipotireoidismo estão associadas ao sistema imunológico do cão, que “atacam” a tireoide e a danifica ou em tratamentos para hipertireoidismo.

Se estiver sofrendo com hipotireoidismo, o cão idoso ganhará peso, apesar de seguir a mesma dieta. Ele pode apresentar um comportamento relutante em relação ao exercício, além de fraqueza e ansiedade. A pelagem também é afetada, ficando opaca e seca com a queda de pelos, além da pele grossa, gordurosa e, às vezes, pruriginosa.

Golden Retriever em envelhecimento sentado no consultório de um médico-veterinário passando por um exame oftalmológico.

Osteoartrite em cães idosos

A osteoartrite é uma causa comum de claudicação em cães idosos, causada pela deterioração gradual da cartilagem que cobre as articulações. Infelizmente, não há cura para essa condição, haja vista a lenta regeneração de células em cães idosos, mas o tratamento ajuda a aliviar a dor e retardar a progressão da doença.

As articulações doloridas ou a dificuldade de se movimentar são, às vezes, vistas simplesmente como um sinal de que seu cão está envelhecendo. No entanto, se você perceber que é particularmente difícil de se mover, vá ao veterinário, pois ele pode ajudar a aliviar um pouco o sofrimento do seu cão.

Cães com sobrepeso são mais propensos a sofrer de osteoartrite devido à pressão extra sobre as articulações; portanto, manter seu cão no peso ideal é uma boa medida preventiva. Você também pode garantir que os alimentos incluam nutrientes específicos em prol da saúde das articulações, como ácidos graxos ômega 3 com potencial anti-inflamatórios, ou complexos nutricionais personalizados com eficácia clínica (por exemplo, cúrcuma, colágeno e polifenóis de chá verde), glucosamina e condroitina.

Cães idosos e disfunção cognitiva

À medida que seu cão envelhece, você pode notar mudanças de comportamento. Embora parte disso possa ser atribuído ao envelhecimento, também pode ser a disfunção cognitiva, que se manifesta em cães de maneira semelhante à doença de Alzheimer em humanos.

Os vasos sanguíneos do cão se deterioram com a idade, reduzindo o fluxo de sangue e oxigênio para o cérebro. Isso afeta seu comportamento, causando desorientação, falta de reconhecimento, esquecimento, sono interrompido e até mesmo agitação ou hostilidade.

Essa condição é muito angustiante para o cão, mas pode ser aliviada. Exercite seu cão com caminhadas curtas e regulares e restabeleça os comandos que você ensinou quando era um filhote. Reduza o estresse mantendo sua rotina diária e dê um alimento que seja rico em antioxidantes, pois estes podem proteger as células contra os radicais livres.

Seu cão idoso não precisa sofrer desnecessariamente com essas doenças comuns. Marque uma consulta com o veterinário se você detectar esses sintomas para ter certeza de que você está dando a eles o melhor atendimento possível.

  • Envelhecimento

Curtir e compartilhar esta página

Artigos relacionados
Ageing dog standing outdoors with a woman.

Cuidados com o seu cão nos últimos anos de vida

Ageing German Shepherd standing outdoors in a field.

Como devo cuidar do meu cão que está envelhecendo?

Ageing Golden Retriever lying down in a garden.

Sinais de que seu cão está envelhecendo

Encontre um médico-veterinário

Se você tiver alguma dúvida sobre a saúde do cão, consulte um médico-veterinário para aconselhamento profissional.

Search near me
Jack Russell Terrier adulto em pé em preto e branco sobre um fundo branco