Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.
Saúde e bem-estar

Entender a saúde urinária e a dieta do seu cão

Cão adulto em pé em ambiente externo comendo em uma tigela vermelha.
O alimento que você dá para seu cão pode desempenhar um papel importante na manutenção de uma boa saúde urinária, evitando que ele sinta desconforto e dor.

Problemas urinários podem afetar os cães em qualquer momento da vida, causados por uma combinação de predisposições genéticas ou de raça, estilo de vida e fatores como infecção bacteriana. Sua dieta desempenha um papel importante na manutenção de uma boa saúde urinária e pode ser usada como uma ajuda para prevenir possíveis problemas.

Por que a saúde urinária do meu cão é importante?

Um sistema urinário saudável é crucial para as funções internas do seu cão. O sistema urinário do seu cão, que inclui os rins e a bexiga, trabalha para processar e remover os resíduos do corpo. Se houver problemas renais, o sistema urinário não poderá mais remover esses produtos. Problemas na bexiga podem incluir infecções ou cálculos. Esses problemas podem afetar o conforto e a saúde geral do seu cão.

Quais problemas os cães podem ter com o sistema urinário?

Como seres humanos, os cães podem ser propensos a desenvolver 'pedras' urinárias. Estas ocorrem quando a concentração de certos minerais na urina do seu cão se torna muito alta. O pH da urina, o volume de urina e outros fatores também desempenham um papel na sua formação. Cães são mais propensos a sofrer com esses cálculos na bexiga, em vez de nos rins (que é onde elas são comumente encontradas em seres humanos). Cálculos na bexiga podem causar inflamação, predispor a infecções do trato urinário e até mesmo causar uma obstrução do trato urinário.

Existem diferentes tipos de cálculos, formados de diferentes minerais e componentes. Alguns exemplos destes são estruvita, oxalato de cálcio, urato e cistina. Esses cálculos se formam em diferentes condições, com o pH urinário e a genética desempenhando um papel, além de outros fatores. 

Os cães também podem sofrer de infecção bacteriana em seu sistema urinário, o que pode levar ao desconforto no trato urinário inferior. Incontinência urinária, anormalidades anatômicas congênitas e tumores estão entre outras condições que afetam o trato urinário em cães.

Jack Russell adulto em pé no lado de fora comendo em uma tigela creme e prata.

Quais cães correm risco de problemas urinários?

Embora todos os cães tenham potencial para desenvolver problemas urinários, algumas raças e tipos estão predispostos a esses problemas. Raças menores podem ter um risco maior de formar certos tipos de cálculos, em parte porque bebem menos água, têm urina mais concentrada e urinam com menos frequência do que os cães maiores. 

Os Dálmatas têm uma mutação genética que afeta o metabolismo de proteínas no corpo, colocando-os em risco de cálculos de urato. Bulldogs ingleses e várias outras raças também podem ser afetados por essa mutação. Paralelamente, se o seu cão estiver com sobrepeso, será mais provável que ele desenvolva cálculos de oxalato de cálcio.

Como o dieta do cão pode dar suporte à saúde urinária?

A dieta do seu cão desempenha um papel importante na manutenção de um ambiente urinário saudável para ajudar a reduzir o risco de desenvolver certos cálculos. Isso é feito de várias maneiras, inclusive influenciando o pH da urina, limitando o número de precursores dos cálculos e, em alguns casos, ajudando a estimular a diluição, o que ajuda a evitar a “supersaturação” da urina, um estado em que os cálculos se formam espontaneamente.

Se o seu cão tiver cálculos, alguns tipos podem ser dissolvidos com fórmulas e medicação para o sistema urinário receitadas pelo médico-veterinário. Outros tipos não podem ser dissolvidos e podem precisar ser removidos, por exemplo, com procedimentos minimamente invasivos ou cirurgia. Se o seu cão tiver uma infecção, isso deverá ser tratado clinicamente com antibióticos.

Sobretudo, oferecer ao seu cão muita água vai incentivá-lo a beber. O aumento da água consumida ajudará a produzir um maior volume de urina, o que ajudará a diminuir a concentração de minerais e também resultará em micção mais frequente, aumentando o fluxo no trato urinário quando surgir a oportunidade de urinar. Em alguns casos, o seu veterinário pode aconselhá-lo a alimentar com uma fórmula especial projetada para ajudar a aumentar a ingestão voluntária de água pelo seu cão. É importante garantir que o cão tenha acesso à água limpa potável em todos os momentos e oferecer oportunidades frequentes de sair e urinar.

Se você notar que o comportamento do cão em relação à micção mudou, não deixe de visitar o centro veterinário, que poderá realizar um exame completo e ajudá-lo a escolher a dieta correta para apoiar o saúde urinária do cão.

  • Saúde urinária

Curtir e compartilhar esta página

Artigos relacionados
Dogue Alemão adulto em um jardim bebendo em uma tigela prata.

Como os problemas urinários em cães são tratados?

Young dog lying down on a sofa.

Problemas na bexiga em cães

Ageing Golden Retriever lying down outdoors in grass.

Incontinência urinária em cães

Encontre um médico-veterinário

Se você tiver alguma dúvida sobre a saúde do cão, consulte um médico-veterinário para aconselhamento profissional.

Search near me
Jack Russel Terrier adulto em pé em preto e branco sobre um fundo branco
Cookie Settings