Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.

Leptospirose em cães

Dachshund jovem em uma mesa de exames sendo examinado por um veterinário.
A leptospirose é uma doença bacteriana zoonótica transmitida por ratos, normalmente por meio de água contaminada. É uma condição extremamente grave e muitas vezes fatal para cães

O que é leptospirose?

A leptospirose é uma infecção bacteriana zoonótica transmitida por ratos, normalmente por meio de água contaminada. É uma condição extremamente grave e muitas vezes fatal para cães.

Quais são os sintomas da leptospirose?

Os sinais clínicos variam de infecção subclínica leve a falência múltipla de órgãos e morte. De fato, a lesão renal aguda tem sido a apresentação mais comum de leptospirose canina nos últimos anos. Os cães afetados pela leptospirose podem apresentar os seguintes sinais clínicos:

  • Febre e doença
  • Dores musculares e relutância em se mover
  • Fraqueza
  • Depressão
  • Perda de apetite
  • Vômito
  • Diarreia
  • Tosse
  • Corrimento nasal

O que causa leptospirose?

A leptospirose vem de bactérias transmitidas pela urina de roedores, que pode acabar sendo transmitida para humanos e determinados animais, inclusive cães (doença zoonótica). Ela é mais comum em ambientes úmidos e pode ser encontrada em áreas pantanosas ou lamacentas. Na maioria das vezes, os cães entram em contato com a leptospirose por meio de água contaminada, seja ao nadar, beber ou simplesmente caminhar pelo lugar.

Posso vacinar meu filhote contra leptospirose?

A leptospirose pode ser evitada com vacinação, por isso é tão importante garantir que o filhote receba as doses necessárias na idade certa.

As vacinas são mais eficazes quando são dadas em datas fixas com reforços. Os filhotes normalmente começam um programa de vacinação com 6 a 8 semanas. A vacinação contra leptospirose será mais frequentemente administrada entre 11 e 13 semanas com um reforço entre 15 e 17 semanas.

O filhote só será considerado vacinado contra leptospirose depois do segundo grupo de injeções.

Como sei se devo vacinar meu filhote?

As vacinas fornecidas aos filhotes consistem em obrigatórias e recomendadas. A vacina contra leptospirose é uma das obrigatórias e por isso sempre será dada ao filhote como parte do programa de vacinação implementado pelo médico-veterinário.

A vacinação sempre protegerá meu cão contra leptospirose?

Com determinadas doenças, inclusive a leptospirose, há um grande número de agentes envolvido na doença. A vacinação protege contra os agentes considerados os mais importantes, mas não contra todos.

Uma vez vacinado, o filhote ainda poderá desenvolver a doença se entrar em contato com diferentes cepas, contra as quais a vacina não tem efeito. Injeções anuais de reforço devem ser organizadas para garantir que eles sejam imunizados contra eventuais cepas novas e prevalentes.

O que fazer se achar que meu filhote está sofrendo?

Se o filhote começar a apresentar algum dos sintomas de leptospirose, você deverá consultar um médico-veterinário imediatamente. Como esse microorganismo é zoonótico, o que significa que pode ser transmitido entre diferentes espécies, inclusive seres humanos e outros animais, suspeitos de sofrer com leptospirose, ele deve ser tratado com cuidado. Luvas protetoras são sempre recomendadas.

O médico-veterinário precisará de um histórico completo da saúde médica e do estilo de vida do filhote. Ele fará uma série de exames, inclusive contagens de plaquetas, perfis sanguíneos e exame de urina, para determinar se o filhote contraiu leptospirose, e recomendará o melhor tratamento.

Independentemente da probabilidade de achar que o cão entrará em contato com determinadas doenças, você deve sempre garantir que ele tenha a relação completa de vacinas obrigatórias e discutir o estilo de vida dele com o médico-veterinário para garantir que ele também tenha as vacinas recomendadas certas.

  • Fase de infância

Curtir e compartilhar esta página

Alimento especialmente desenvolvido para o seu filhote

Uma variedade de fórmulas que dão suporte ao crescimento saudável e ao desenvolvimento do sistema digestivo.

Saiba mais
3-BR-L-Puppy-product-pack-shot-Puppy-content
Artigos relacionados
Puppy Jack Russell sitting on an examination table in a vets office.

Parvovírus em cães

Puppy dog lying down on an examination table in a vets office.

Cinomose em cães

Puppy Saint Bernards sitting together in a field.

As principais fases de crescimento do filhote

Encontre um médico-veterinário

Se você tiver alguma dúvida sobre a saúde do seu cão, consulte um médico-veterinário para aconselhamento profissional.

Encontrar
Jack Russel Terrier adulto em pé em preto e branco sobre um fundo branco