O alimento caseiro para gatos é uma opção saudável?

Gato cinza em uma cozinha comendo em uma tigela vermelha
A comida caseira para gatos pode ser satisfatória de preparar, mas as exigências nutricionais naturais sensíveis e exigentes de um gato significam que há desafios e riscos à segurança envolvidos.

Alguns tutores podem querer ter uma função mais ativa na dieta do seu gato oferecendo alimentação caseira.

Preparar e cozinhar comida para um gato pode parecer agradável e uma forma de adicionar variedade ou novos sabores às suas refeições. No entanto, os riscos de fazer o próprio alimento para o gato podem superar os benefícios potenciais, pois equilibrar as necessidades nutricionais de um gato é incrivelmente complexo. Além disso, a forma como os gatos percebem a comida é muito complicada e depende de muito mais do que simplesmente do sabor.

Se um nutriente vital estiver faltando, um gato pode sofrer uma deficiência e a saúde dele pode ser afetada. Por isso, é importante compreender as necessidades nutricionais individuais do gato e considerar a melhor maneira de garantir que sejam atendidas.

Os gatos são diferentes dos humanos

Preparar o próprio alimento para gatos é muito diferente de preparar refeições para humanos. Para começar, os gatos não precisam de sabores diferentes na comida. Enquanto os humanos têm 9.000 papilas gustativas, um gato tem apenas 4751 e perde a sensibilidade à medida que envelhece. Considerando isso, adaptar a comida de um gato ao “gosto” dele não é o que importa.

Portanto, fazer a própria comida para o gato deve ir muito além da seleção de ingredientes de que os gatos possam gostar. Para um gato, o tamanho, a forma, o cheiro e a textura do alimento são fundamentais para a aceitação de uma nova dieta, e aperfeiçoar isso, além de atender ao perfil nutricional preciso, pode ser incrivelmente complexo.

De quais nutrientes meu gato precisa?

De acordo com o Pet Food Institute, os gatos precisam de mais de 40 nutrientes essenciais todos os dias.2 Embora os gatos sejam carnívoros estritos, eles exigem uma dieta composta de mais do que apenas carne. Na verdade, eles precisam de uma ampla gama de nutrientes fornecidos por outras fontes para ficarem saudáveis e terem energia, incluindo:

  • Proteína
  • Gorduras
  • Carboidratos
  • Vitaminas
  • Minerais

Na natureza, os gatos selvagens equilibram essas necessidades nutricionais comendo todas as partes de suas presas, incluindo ossos e intestinos que contêm quantidades pequenas de matéria vegetal. Eles também podem comer plantas ocasionalmente.

No entanto, os gatos domesticados precisam de cada um desses grupos de nutrientes misturados em diferentes quantidades para fornecer uma dieta completa e equilibrada. Muito de um grupo ou muito pouco de outro pode ter consequências para a saúde.

Os gatos não conseguem sintetizar todas as vitaminas, minerais e aminoácidos essenciais de que precisam naturalmente e precisam adquirir alguns deles por meio da ingestão de alimentos. A taurina, por exemplo, é vital à visão e ao coração de um gato e só pode ser proveniente de proteínas animais.

Taurina Retina Coração

Se você está dependendo de receitas caseiras de alimento para gatos, pode ser muito difícil contabilizar esses nutrientes essenciais nos níveis precisos necessários para a saúde e o bem-estar de seu gato. É indispensável que a receita caseira que você considera forneça uma dieta nutricionalmente completa e equilibrada e evite ingredientes que são tóxicos para gatos. Isso pode ser ainda mais complicado se você pretende fazer dietas caseiras para vários gatos, pois eles geralmente têm necessidades muito diferentes.

Cada gato é diferente

As necessidades nutricionais de um gato dependem de vários fatores. Ao determinar o perfil nutricional de seu pet, um médico-veterinário ou nutricionista de animais levará em consideração:

Ilustração do aumento da idade

Idade

Os gatinhos precisam de nutrientes e minerais específicos para ajudar no crescimento, mas geralmente comem quantidades pequenas. Os gatos mais velhos podem precisar, entre outras coisas, de suplementos adicionais de vitamina E e C, e mais ácidos graxos essenciais para aumentar a flexibilidade.

Ilustração da cabeça de um gato no perfil

Raça

Algumas raças se beneficiarão de dietas específicas que levam em consideração a condição corporal, o nível de atividade e as sensibilidades únicas.

Ilustração de um raio para representar energia

Condição

Gatos castrados, por exemplo, são tipicamente menos ativos, o que afeta suas necessidades diárias de energia.

Ilustração para representar saúde

Saúde

Se o seu gato tiver uma condição de saúde contínua, isso pode afetar as necessidades nutricionais ou a capacidade de digerir certos nutrientes.

Ilustração de um gato ingerindo uma bola de pelos

Estilo de vida

Os gatos que vivem em ambientes internos precisarão de uma dieta com um conteúdo de energia menor do que aqueles que andam em ambientes externos. Os gatos de ambiente interno também passarão mais tempo se lambendo, então eles podem se beneficiar de uma dieta que estimula naturalmente a eliminação das bolas de pelos.

Ilustração da pele e do pelo de um gato

Sensibilidades

Nutrientes corretos podem dar suporte a seu gato se ele tiver alguma sensibilidade existente como pelagem sem brilho, pele sensível ou tendência de ganhar peso.

Ilustração de uma tigela de alimento para gatos

Peso

O conteúdo de energia no alimento deve ser calculado para garantir que seu gato mantenha um peso corporal saudável.


Seu médico-veterinário deve ser capaz de fornecer orientação personalizada para seu gato, mas lembre-se de que as necessidades dele mudarão com o tempo. Até mesmo um gato adulto saudável pode passar por várias mudanças em suas necessidades nutricionais devido a mudanças no nível de atividade ou estilo de vida.

Você pode preparar o próprio alimento para gatos?

Antes de pensar em fazer o próprio alimento para gato, você precisa estar confiante de que possui o conhecimento científico e a habilidade para fornecer uma dieta completa e equilibrada. Depois de consultar um médico-veterinário para entender as necessidades nutricionais do seu gato, você terá que investir em equipamento especializado para produzir o alimento dele. Para evitar qualquer contaminação bacteriana, práticas rigorosas de higiene devem ser mantidas em todos os momentos.

Também deve-se tomar cuidado ao considerar os ingredientes para a comida caseira do gato. Ingredientes que podem ser considerados nutritivos para humanos podem ser muito tóxicos para gatos. Uvas, por exemplo, são fontes conhecidas de vitamina C e K para seres humanos, mas são incrivelmente tóxicas para gatos.

Mesmo ingredientes seguros para gatos podem ser complicados de incluir na comida caseira deles se você não estiver acostumado a prepará-los. Os tutores provavelmente terão dificuldade em equilibrar os nutrientes certos nas quantidades certas e há o risco de superalimentação ou desnutrição se não for feito corretamente.

Gatos não são como humanos

As necessidades nutricionais dos gatos não são como as de um ser humano: eles precisam de uma proporção maior de gordura na dieta do que nós e mais do que o dobro da quantidade de proteína. A maneira como percebem, comem e digerem os alimentos também é muito diferente.

Ilustração de gato se afastando da tigela vermelha

Os gatos também podem se recusar a comer simplesmente porque o alimento é novo, por não gostar do cheiro ou se já tiveram dificuldade em digeri-la. De fato, o sistema digestivo de um gato não é adequado para variação. Os tratos digestivos deles representam apenas 3% do peso corporal em comparação com 11% em humanos. Isso significa que as transições dos alimentos através de seus organismos são mais rápidas, e eles são menos capazes de tolerar e digerir uma variedade de alimentos ao mesmo tempo sem passar por um desconforto.

O padrão diário de alimentação de seu gato também pode representar um desafio ao alimentá-lo com refeições caseiras. Qualquer alimento fresco para gatos tem uma vida útil muito mais curta do que o alimento seco e só pode ser colocado em uma tigela de alimentação por um breve período. Se não for consumido logo, haverá riscos de higiene para você e seu gato.

O alimento caseiro para gatos é adequado?

O alimento caseiro para gato pode fornecer um dieta de alta qualidade. No entanto, encontrar o equilíbrio certo de nutrientes exige habilidade e tempo.

Em 2013, um estudo analisando 200 dietas preparadas em casa descobriu que mais de 95% tinham deficiência de um ou mais nutrientes essenciais. Como mostramos, essas deficiências podem ter consequências significativas para a saúde de um gato.3

Embora alimentar um gato com carne fresca possa ser satisfatório, o que mais importa para o seu gato é o valor dos nutrientes que ele come. Seu gato depende de você para garantir que ele seja alimentado com uma dieta completa e balanceada. Portanto, você precisa levar em consideração todas as suas necessidades nutricionais exclusivas antes de escolher a dieta.

Você pode descobrir que um alimento pré-fabricado, completo e nutricionalmente balanceado como o da Royal Canin é preferível. Esses alimentos são cuidadosamente preparados de acordo com as mesmas regras de higiene do alimento humano e são precisamente adaptados para se adequar à idade, à raça, à saúde e ao estilo de vida de seu gato. Eles costumam ser uma alternativa mais barata e mais fácil do que o alimento caseiro para gatos.

Gato da raça British Shorthair preto e branco comendo em uma tigela vermelha

Se você está pensando em fazer alterações na dieta de seu gato, sugerimos primeiro falar com seu médico-veterinário para garantir que você possa atender com segurança às necessidades exclusivas dele.

1 Enciclopédia de gatos, 2017, Royal Canin, p254

2 https://www.petfoodinstitute.org/pet-food-matters/ingredients/all-about-function/

3 Stockman J, Fascetti AJ, Kass PH, et al. (2013) Evaluation of recipes of home- prepared maintenance diets for dogs. J Am Vet Med Assoc 2013; 242:1500-1505

  • Saúde por meio da nutrição
Artigos relacionados
Cão da raça Jack Russell Terrier adulto deitado em ambiente interno no chão de madeira

Como manter o sistema digestivo do seu cão saudável

Cão pequeno em ambiente interno ao lado de uma tigela de comida vermelha

Devo alimentar meu cão com comida caseira?

Gato Maine Coon adulto deitado em um piso de madeira

Como manter o sistema digestivo do seu gato saudável

Pastor Alemão adulto e gato da raça Abissínio em pé em preto e branco sobre um fundo branco

A abordagem da Royal Canin quanto à nutrição

Na Royal Canin, concentramos nossos esforços na compreensão das necessidades exclusivas de gatos e cães. Tudo o que fazemos é projetado para criar fórmulas nutricionais precisas adaptadas para apoiar a saúde e o bem-estar contínuos dos animais. Saiba mais sobre nossa abordagem científica quanto à nutrição de animais de estimação.

Nossa abordagem nutricional
Inline Image 2

Navegue por nossas linhas de produtos

Cada fórmula da Royal Canin foi criada para fornecer nutrição sob medida para as necessidades do seu pet, dependendo da raça, da idade, do estilo de vida ou das sensibilidades. Navegue pela linha completa de produtos e descubra como podemos ajudar seu pet a aproveitar a melhor saúde possível.

Explore as linhas