Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.
Filhote

Cinomose em gatos

Filhote sendo segurado por um veterinário em uma clínica.
O vírus da panleucopenia felina (FPV), também chamado de parvovírus felino, provoca uma doença viral altamente infecciosa e potencialmente fatal sofrida por filhotes e gatos.

O que é panleucopenia felina?

O vírus da panleucopenia felina (FPV), também chamado de parvovírus felino, provoca uma doença viral altamente infecciosa e potencialmente fatal sofrida por filhotes e gatos adultos.

Quais são os sintomas da panleucopenia felina?

Um filhote ou gato com FPV terá vários sintomas diferentes. Sempre atente para qualquer um dos seguintes:

  • Febre
  • Depressão
  • Vômito
  • Diarreia (geralmente sangrenta)
  • Desidratação

Também pode resultar em morte súbita. Os gatos que sobrevivem nos primeiros dias ficam imunossuprimidos e perdem a função do sistema imunológico. Isso ocorre porque o vírus destrói as células sanguíneas que combatem a infecção e significa que eles podem facilmente adquirir infecções secundárias, como septicemia.

Se uma gata ficar infectada durante a prenhez, é provável que ela aborte, tenha natimorto ou dê à luz filhotes com desenvolvimento cerebral anormal (hipoplasia cerebelar).

A panleucopenia felina ainda é comum em gatos adultos e filhotes?

O FPV está agora bem controlado em gatos de estimação devido à vacinação generalizada; no entanto, ainda pode causar surtos em gatos de abrigo e populações de gatos selvagens. Quando isso acontece, há uma taxa de mortalidade muito alta.

O que mais devo saber sobre panleucopenia felina?

A primeira coisa a notar é que ela é muito contagiosa. Especificamente, é iniciada por um parvovírus que existe há muito tempo em um ambiente específico – isso pode levar várias semanas ou mais, dependendo das condições.

O vírus pode, portanto, ser espalhado sob os pés. Por esse motivo é importante vacinar o seu gatinho, com o risco de contaminação muito real, mesmo que ele nunca saia de casa.

Devo vacinar meu gatinho contra a panleucopenia felina?

A vacinação contra o FPV é essencial para todos os gatos. Existem duas categorias de vacinas: “obrigatórias” e “recomendadas”. Todas as vacinas obrigatórias devem ser dadas a todos os filhotes e gatos, independentemente do estilo de vida. A panleucopenia felina entra na categoria obrigatória, juntamente com herpesvírus e calicivírus.

É vital que o seu veterinário administre essas vacinas ao seu novo gatinho.

Quando meu filhote deve tomar a vacinação contra FPV?

O ciclo de vacinação do FPV consiste em duas injeções, com intervalo de três a quatro semanas. Seu filhote pode já ter tido sua primeira injeção antes de chegar até você, já que a primeira dose pode ser administrada a partir da idade de cerca de sete a nove semanas.

Sempre verifique se ele recebeu a primeira injeção antes de levá-lo para casa. Quando estiver em casa, você precisará entrar em contato com seu veterinário para organizar a segunda injeção.

Quando eles serão protegidos contra o vírus?

Seu filhote só estará protegido algum tempo depois da segunda injeção e deverá ser mantido dentro de ambientes internos até lá.

Existem várias empresas diferentes que fornecem vacinas e o protocolo varia entre elas. Por isso, pergunte ao veterinário sobre os arranjos exatos para as injeções do seu gatinho.

A vacina contra o FPV precisa de reforço?

Seu filhote vai precisar de um reforço regular um ano após a segunda injeção e, depois disso, anualmente.

A imunidade contra diferentes doenças dura por diferentes períodos e, portanto, o seu gato não receberá necessariamente o mesmo reforço a cada ano. Fale com seu veterinário, pois ele poderá explicar contra quais doenças está vacinando em cada consulta.

O que devo procurar antes de escolher um gatil?

Uma vez que a panleucopenia felina entrou em uma população, é muito difícil se livrar dela, devido à natureza do vírus.

Existem medidas específicas que devem ser adotadas por todos os bons gatis para ajudar a prevenir a disseminação e reduzir o efeito que a doença pode ter na saúde de um gato.

Medidas sanitárias rigorosas devem ser implementadas, incluindo:

  • Setorização – estabelecer setores específicas para quarentena e enfermaria
  • O princípio do fluxo para a frente – criando um circuito unidirecional dos gatos de maior risco para o setor que contém os gatos de menor risco
  • Limpeza e desinfecção adequadas – nem todos os desinfetantes funcionam contra o FPV; portanto, é essencial garantir que os produtos de limpeza usados pelo gatil sejam eficazes contra ele.

É importante perguntar se o gatil tem essas medidas preventivas em vigor.

Como o FPV é muito infeccioso e potencialmente fatal, é importante garantir que o seu gatinho receba as injeções adequadas na idade certa, seguidas por seus reforços anuais. Se você não tem certeza de algo relacionado ao calendário de vacinação do seu gatinho, fale sempre com o seu veterinário.

  • Crescimento intenso

Curtir e compartilhar esta página

Nutrição especialmente desenvolvida para o seu filhote

Fórmulas nutricionais que ajudam a dar suporte ao crescimento saudável e auxiliam no desenvolvimento do sistema digestivo.

Saiba mais
Linha de alimentos Kitten - especialmente desenvolvida para filhotes de gato.
Artigos relacionados
Young cat sitting on an examination table being checked over by a vet.

Calicivírus em gatos

Kitten cat lying down on an examination table being given an injection.

Vacinações do filhote

Young cat lying down on an examination table being checked over by a vet.

Chlamydophila felis

Encontre um médico-veterinário

Se você tiver alguma dúvida sobre a saúde do gato, consulte um médico-veterinário para aconselhamento profissional.

Encontrar
Maine Coon adulto em pé em preto e branco sobre um fundo branco