Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.
Filhote

Como preparar sua casa para o novo filhote

Gatinho andando em um piso de madeira.
Há uma série de perigos em sua casa e certos descuidos podem comprometer a segurança do seu gatinho. No entanto, ao preparar seu novo ambiente e adotar hábitos simples, você poderá proteger seu gatinho assim que ele chegar.

Quando o novo filhote chegar, seu objetivo será fazê-lo sentir-se seguro e protegido. Embora você possa não perceber, há uma série de perigos em sua casa e certos descuidos que podem comprometer a segurança do seu gatinho. No entanto, ao preparar e adotar alguns hábitos simples, você poderá proteger seu gatinho assim que ele chegar.

Como preparar sua casa para o novo filhote

Há várias ações que você pode fazer para ajudar a manter seu gatinho seguro:

  • Esconda os fios elétricos – Os filhotes podem roer os fios elétricos, por isso é importante verificar ao redor, usando braçadeiras ou tampas para que o seu gatinho não consiga acessá-los.

  • Cubra tomadas elétricas – Use tampas de soquete de plugue em todo o novo ambiente para evitar que o seu gatinho acesse as tomadas elétricas.

  • Verifique janelas, varandas e escadas – Ande pela casa e procure por qualquer perigo. Há algum lugar em que seu gatinho possa ficar preso ou talvez cair? Nesse caso, faça as alterações necessárias, como o bloquear janelas abertas.

  • Guarde todos os remédios – Se você tiver algum medicamento, guarde-os em lugar seguro e fora de alcance.

  • Guarde objetos pequenos e afiados – Itens como elásticos, alfinetes e agulhas devem ser guardados para evitar que o seu gato seja machucado.

  • Feche as tampas da lata de lixo e do vaso sanitário – É importante adotar o hábito de fechar a tampa da lata de lixo e do vaso sanitário para evitar que o gatinho caia. Você também precisa ter cuidado com as cordas usadas para fechar o saco de lixo, pois os gatos podem engoli-las.

  • Remova sacos de plástico e objetos de espuma – Não deixe sacos de plástico ou objetos de espuma por perto, pois o gatinho pode engasgar com eles, se ingeridos.
Filhote caminhando sobre um muro em ambiente externo

Como preparar o jardim para seu novo gatinho

Seu gatinho não vai para fora inicialmente, porém você precisa garantir que seu jardim seja seguro e esteja pronto para quando seu pet sair.

  • Verifique se há possíveis riscos no jardim – da mesma maneira que você fez na parte interna da casa, é uma boa ideia procurar qualquer coisa que possa ser perigosa para seu gatinho, como lugares de onde ele possa cair ou ficar preso.
  • Guarde inseticidas, herbicidas e venenos de rato – se você usa produtos para jardim, como herbicidas, guarde-os em algum lugar onde seu gatinho não poderá alcançá-los.

Plantas tóxicas – dentro e fora da casa

Instintivamente, os gatinhos não comerão plantas tóxicas, mas é mais seguro evitar o contato em seu ambiente. Para ver uma lista completa de plantas tóxicas, consulte seu médico-veterinário. No entanto, algumas das plantas tóxicas mais comuns encontradas dentro e fora de casa são:

  • Ciclâmen
  • Azevinho
  • Visco
  • Glicínias
  • Difembáquia
  • Filodendro
  • Azaleia
  • Rododendro
  • Cereja-de-Jerusalém
  • Oleandro
  • Poinsétia
  • Hera
  • Aucuba
  • Ervilhas-de-cheiro
  • Figueira-benjamim

Realizando várias verificações antecipadamente e deixando sua casa pronta da maneira certa, você ajuda seu gatinho a ficar seguro e confortável em seu novo ambiente.

  • Crescimento intenso

Curtir e compartilhar esta página

Nutrição especialmente desenvolvida para o seu filhote

Fórmulas nutricionais que auxiliam no crescimento saudável e no desenvolvimento do sistema digestivo.

Saiba mais
Linha de alimentos Kitten - especialmente desenvolvida para filhotes de gato.
Artigos relacionados
Young cat sitting on an examination table being checked over by a vet.

Calicivírus em gatos

Kitten cat lying down on an examination table being given an injection.

Vacinações do filhote

Kitten being held by a vet in a clinic

Cinomose em gatos