Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.
Pensando em adquirir um gato

Aspectos a considerar antes de adquirir um gato

Adult Norwegian Forest Cat walking across a rug in a living room.
Há muitos fatores a considerar quando se trata de ter um gato adulto ou filhote, mas todos eles são afetados por seu próprio estilo de vida e ambiente doméstico e se você pode adaptá-los para dar suporte a um gato feliz e saudável.

Você tem tempo para cuidar de um gato?

Um gatinho pode ser uma adição alegre a uma casa, mas ele crescerá – portanto, a decisão de ter um gato é um compromisso de longo prazo. Embora muitas pessoas acreditem que é mais fácil ter um gato em vez de um cão, os gatos ainda exigem muita atenção e suporte.

Outros aspectos que afetarão o tipo do cuidado e darão suporte às necessidades do gato incluirão se você optar por ter um filhote ou um gato adulto, porque filhotes exigem mais atenção, ensino e alimentação regular do que gatos adultos. Considere também se você quer um com pedigree ou um vira-lata, se vai a um criador ou a um centro de resgate: alguns gatos resgatados podem ter tido experiências traumáticas que exigem maior consideração no início.

A forma como um gato age e responde depende de uma combinação de sua composição genética, bem como das experiências a que foi exposto. Um gatinho aprende a maioria de suas habilidades de socialização no período até oito semanas de idade. Por isso, é essencial dedicar a ele bastante tempo e atenção nas primeiras semanas.

Será que um gato ou filhote se encaixa na sua rotina?

Todo o animal mudará seu estilo de vida, e esperamos que seja de maneira positiva. No entanto, alguns fatores em sua rotina podem ser imutáveis e vale a pena considerar como eles vão trabalhar ou se adaptar com a chegada de um gato ou filhote.

Pergunte a si mesmo:

  • Você tem filhos? Isso pode afetar o tipo de gato que você escolher ter, pois alguns serão menos adequados para crianças pequenas do que outros.
  • Você tem outros animais de estimação em casa e como eles podem reagir à nova aquisição? Introduzir um recém-chegado a animais de estimação estabelecidos pode ser complicado. Isso leva tempo e exige paciência. A aceitação total pode demorar vários meses ou pode não ocorrer.
  • Você tem espaço ao ar livre ou seu gato vai viver apenas dentro de casa?
  • Você trabalha em tempo integral e, se trabalhar, o que vai acontecer com o gato quando você não estiver na casa?
  • Você será capaz de adaptar adequadamente a sua casa para torná-la cat-friendly?
  • Você viaja muito? Se você vai se ausentar sem o seu gato, pense com cuidado sobre as várias opções para o cuidado dele.
  • Você pode sustentar financeiramente as necessidades do seu gato, incluindo seguro de animais de estimação, alimentação, despesas com veterinários e possíveis cuidados com higiene e beleza e internação?

Essas perguntas influenciarão não somente se a sua casa e estilo de vida são propícios para ter um gato feliz e saudável, mas também que tipo de gato pode ser mais adequado a você.

Gato adulto deitado em ambiente interno em um sofá cinza.

O ambiente da sua casa é seguro para um gato ou filhote?

A casa de um gato é uma parte importante do seu bem-estar. Depois de se instalar em sua nova casa, um filhote tem tudo o que ele precisa para explorar. Deixe-o explorar e se orientar em seu próprio ritmo, mas certifique-se de observar quaisquer perigos potenciais.

Além disso, certifique-se de que haja um espaço silencioso onde o gato possa se refugiar, especialmente quando ele chega em casa, para que ele possa gradualmente conhecer seu novo território e sua família nos próximos dias.

As coisas que você pode fazer para reduzir o estresse em casa incluem:

  • Forneça ao seu gato uma área dedicada de alimentação. Deve ser bem longe da bandeja sanitária, de preferência longe de áreas barulhentas, pois os gatos gostam de ter espaços tranquilos para comer.
  • Verifique se eles têm uma bandeja sanitária, novamente localizada em uma área tranquila. Deve ficar em um local permanente, que seja facilmente acessível para o gato e bem longe de tigelas de comida e água.
  • Garanta que eles tenham espaço dedicado para brincar, caçar, escalar e arranhar.
  • Dê ao seu gato seu próprio espaço pessoal para dormir.

Há algum perigo em sua casa?

Há uma série de coisas que podem representar um perigo para um gato ou um filhote dentro e fora de casa, incluindo:

  • Fios elétricos ou cabos de energia.
  • Produtos químicos domésticos, produtos de limpeza e medicamentos facilmente acessíveis.
  • Placas quentes expostas.
  • Varandas.
  • Plantas tóxicas ou venenosas, como: ciclâmen, azevinho, visco, glicínias, dieffenbachia, filodendro, azaleia, rododendro, cereja de Jerusalém, oleandro, poinsétia, hera, louro-do-Japão, ervilha-de-cheiro e fícus.

Considerar se um gato ou filhote vai se encaixar em seu estilo de vida e em sua casa vai ajudá-lo a descobrir se você pode proporcionar um ambiente feliz e seguro para ele morar e vai ajudar a tornar o relacionamento com seu novo companheiro, caso você decida ter um, ainda mais gratificante.

  • Bem-estar geral
  • Será que um gato é o animal ideal para você?

Curtir e compartilhar esta página

Artigos relacionados
Adult Bengal lying on its back playing with a cat toy on a carpet.

Como fazer para cuidar de um filhote ou de um gato adulto

Adult cat lying down indoors and being stroked by a child.

Como educar as crianças sobre como fazer para cuidar de um gato

Adult cat lying down next to an adult Golden Retriever.

Apresentando os gatos aos outros pets

Saiba mais sobre raças de gato

Pesquisar raças

View all cat breeds
Maine Coon adulto em pé em preto e branco sobre um fundo branco
Cookie Settings