Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.

Apresentando um cão a um gato e a outros pets

Adult Dachshund lying down on a rug with a black and white cat.
Ao trazer um novo filhote ou um cão adulto para uma casa com animais de estimação já existentes, é importante respeitar as necessidades de ambos os animais, a fim de alcançar uma coexistência bem-sucedida.

Os cães tendem a observar hierarquias rígidas em seus relacionamentos; por isso, quando o novo pet encontra outros animais na casa, eles precisam estabelecer seus próprios papéis e hierarquias para viverem harmoniosamente.

Quando se trata de fazer apresentações, é importante respeitar as necessidades dos animais existentes, bem como do novo cão, a fim de manter a paz e trabalhar para uma coexistência bem-sucedida.

Como saber se os seus pets são compatíveis

  • Fale com o criador ou os profissionais do abrigo: Antes de trazer um filhote para casa, fale com o criador ou o profissional do abrigo sobre as medidas que foram tomadas para socializar o filhote. Descubra como o filhote se comporta perto de outros cães e se já teve alguma exposição a gatos, caso tenha esses animais em casa.
  • Comece as apresentações antes de chegar em casa: Antes de trazer seu filhote para casa, você pode optar por dar-lhe um cobertor ou brinquedo de sua casa para que possa se acostumar com o cheiro dos seus pets já existentes e vice-versa antes da apresentação.
  • Saiba se há problemas pré-existentes: Se você está resgatando um cão, é importante conversar com os profissionais do abrigo sobre quaisquer animais de estimação existentes antes de tomar a decisão de trazê-lo para casa, a fim de entender se o cão tem algum problema aparente com outros animais.
  • Dê-lhes tempo: Apresente-os gradualmente e não espere que eles se aceitem de imediato. Levará algum tempo para os pets antigos aceitarem o novo membro da família.

Apresentando seu novo filhote para os cães existentes

  • Gradualmente, apresente o seu novo pet: Quando seu filhote chegar em casa, leve-o para uma área pequena, calma e segura da casa, sem os outros pets, para que se familiarizem gradualmente com o novo ambiente.
  • Supervisione os primeiros encontros: Ao apresentar um novo cão adulto ou um filhote a qualquer pet já existente, um adulto responsável deve estar sempre presente para supervisionar.
  • Apresente-os em território neutro: Comece apresentando seus cães fora de casa em uma área neutra. Verifique se os dois cães estão com a guia e que você consegue controlá-los. Deixe-os se cheirarem e explorarem um ao outro.
  • Seja paciente: Não grite com o cão mais velho se ele não reagir da maneira que você deseja. Dê bastante tempo para que se acostume com o novo cão.
  • Mantenha-os na guia: Uma vez que eles pareçam estar se dando bem, ainda com as guias, caminhe lado a lado de volta para casa e faça com que eles entrem juntos. Deixe-os com as guias caso seja necessário você agarrar um deles rapidamente. É muito mais fácil pegar uma guia e controlar o cão do que agarrá-lo, especialmente se começar uma briga.
  • Espere até que você esteja confortável: Após você ter certeza de que tudo está bem entre os cães, é possível remover as guias enquanto estiverem na casa.

Welsh Corgi Cardigan adulto em pé em ambiente externo apresentado a um cão branco.

Dicas para uma convivência pacífica

  • Preste mais atenção às cadelas: independentemente do que as pessoas pensam, descobriu-se que as cadelas se envolvem mais em agressões do que os machos e suas brigas são mais difíceis de resolver.
  • Deixe-as estabelecer sua hierarquia: permita que estabeleçam sua própria dinâmica e dê prioridade à cadela dominante. Os cães têm uma mentalidade de matilha e precisam ter uma posição claramente definida dentro de um grupo.
  • Preste muita atenção nos horários das refeições: as brigas de cães geralmente ocorrem na hora das refeições, pois há um elemento de rivalidade entre eles. Nesses momentos, dê prioridade ao cão dominante ou agressivo. Você pode até separar as áreas de alimentação.

Apresentando o seu novo filhote aos gatos 

Se seu gato atual já conhece e gosta de cães, esse processo será muito mais fácil. No entanto, você pode fazer coisas para facilitar, como:

  • Mantenha as coisas calmas e controladas: Mantenha seu cão na guia e calmo quando o apresentar pela primeira vez. Não se esqueça de recompensar seu cão por ficar calmo.
  • Deixe bastante espaço: seu gato não deve ficar preso em um canto e você deve escolher uma sala onde ele se sinta confortável e onde haja lugares para se esconder, de preferência com acesso a áreas mais altas que o cão.
  • Dê tempo: não tente forçar o gato a entrar em contato com o novo cão; deixe ele se aproximar em seu próprio tempo.

A apresentação de novos animais de estimação aos já existentes leva tempo, e não é um relacionamento que é sempre imediatamente fácil. No entanto, perguntando sobre o temperamento e as experiências do seu novo cão antes de trazê-lo para casa e respeitando as necessidades do seu novo cão e dos animais de estimação existentes, você pode gradualmente entender como eles irão interagir e trabalhar para um relacionamento bem-sucedido e pacífico.

  • Treinamento e comportamento
  • Ter um cão é o ideal para você

Curtir e compartilhar esta página

Artigos relacionados
Adult English Cocker Spaniel sitting indoors while a woman grooms its ears.

Quanto custa manter um cão?

Adult Golden Retriever walking on a street with adult and child walking behind.

Aspectos a considerar antes de ter um cão

Puppy Beagle running on a sandy beach.

Como cuidar de um cão

Saiba mais sobre raças de cães

Pesquisar raças

View all breeds
Filhote Dachshund pulando em preto e branco sobre um fundo branco