Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.
Saúde e bem-estar

Do que os gatos mais velhos precisam na dieta

Ageing cat standing indoors eating from a red bowl.
As necessidades nutricionais do gato mais velho são muito diferentes das de um filhote. Saiba mais sobre o que exatamente precisa ser incluído na dieta para apoiar sua saúde aqui.

À medida que o gato fica mais velho, seu corpo muda, o que significa que sua dieta e a maneira de alimentá-lo também precisam mudar. A partir dos 11 anos, o gato é considerado “idoso” e requer nutrientes diferentes do que nos estágios iniciais da sua vida.

O que acontece no corpo do gato conforme ele envelhece?

À medida que o gato envelhece, e a partir dos 11 anos, você notará sinais externos de que seu corpo e comportamento estão mudando.

Eles podem dormir mais ou se comportar de maneira diferente, como ser menos sociáveis ou vocalizar mais. Você nota que a pele e o pelo ficam menos sedosos ou mais brancos. À medida que as articulações envelhecem, eles podem ter mais dificuldade para andar de forma constante, saltar ou se lamber.

Internamente, as funções corporais do gato diminuem o ritmo. Seu sistema imunológico é menos eficaz, assim como sua digestão. Os problemas orais, como o desgaste dos dentes ou a gengivite, podem afetar o apetite, pois pode ser doloroso para eles comer; isso, por sua vez, pode causar perda de peso. A capacidade olfativa, gustativa e auditiva também se torna menos aguda e sua resistência ao estresse diminui.

O gato também pode começar a sofrer de condições comuns em gatos idosos, como doença renal, diabetes, osteoartrite ou hipertireoidismo, embora estes possam ser aliviados com a dieta correta e medicação.

Qual é o impacto do envelhecimento nas necessidades nutricionais do gato?

Como as habilidades físicas do gato estão mudando, ele precisa de uma nutrição diferente de qualquer outro momento de sua vida. 

Agora, o sistema digestivo faz mais esforço para digerir e absorver nutrientes dos alimentos, principalmente gordura e proteína. Problemas dentais e digestivos também significam que o gato pode ter dificuldade em comer ou mastigar os alimentos que consumia anteriormente; então texturas mais suaves e semelhantes a mousse podem ser mais fáceis de comer.

A diminuição da capacidade olfativa e gustativa pode afetar o apetite, por isso o alimento precisa ser particularmente palatável para que seja mais provável que eles comam e, portanto, continuem obtendo os nutrientes de que precisam.

Gato em envelhecimento sentado em ambiente interno ao lado de uma tigela creme.

De quais nutrientes específicos um gato idoso precisa?

Para fornecer suporte à saúde e retardar a progressão de doenças associadas ao envelhecimento, a dieta do gato idoso deve incluir nutrientes específicos. Por exemplo, glucosamina, condroitina e ácidos graxos livres, como EPA/DHA, juntamente com extrato de mexilhão de lábios verdes, ajudam a aumentar a mobilidade em gatos na fase de envelhecimento. As dietas veterinárias dedicadas a auxiliar o aumento da mobilidade em gatos resultam na melhoria e diminuição da dor após um mês de tratamento com a dieta.

As deficiências digestivas podem ser atenuadas com dietas precisamente formuladas e a seleção correta de nutrientes de alta qualidade. Por exemplo, as proteínas altamente digestíveis ajudam a fornecer suporte à digestão em gatos maduros. Polpa de beterraba pode ter um efeito prebiótico benéfico, ao mesmo tempo que os ácidos graxos ômega 3, EPA/DHA, ajudam a saúde digestiva.

Gatos mais velhos podem sofrer de doença renal crônica e ter problemas urinários. A restrição de fósforo na dieta de um gato maduro predisposto pode ajudar a atrasar o aparecimento da condição. O fósforo é um dos primeiros elementos a se acumular em níveis tóxicos no sangue dos gatos que sofrem de doença renal. Alimentos mais úmidos ou aqueles que ajudam a aumentar a ingestão de água também são benéficos, pois aumentam o volume de urina do gato e, por sua vez, diminuem o risco de formação de “cálculos” minerais.

Para um gato idoso, há quatro aspectos na dieta: deve ser fácil de digerir, deve ser completa e balanceada, deve manter o bem-estar e deve retardar os processos associados ao envelhecimento. Converse com o médico-veterinário para obter mais conselhos sobre a melhor opção de comida específica para atender a esses quatro requisitos para o seu gato idoso.

  • Envelhecimento

Curtir e compartilhar esta página

Artigos relacionados
Ageing cat lying down indoors on the carpet.

Cuidados ao fim da vida do seu gato

Ageing cat sitting down being examined by a vet.

​Doenças comuns em gatos mais idosos

Ageing cat lying down outside.

Como o envelhecimento afeta os gatos

Cookie Settings