Ajudar os cães e os gatos a terem uma vida mais saudável.
Saúde e bem-estar

Alergias da pele do gato

Adult cat sitting outside in long grass scratching its chin.
Se o seu gato se coçar, tiver prurido ou se limpar constantemente, isso pode ser um sinal de que está com uma alergia. Saiba mais sobre o que o médico veterinário irá fazer para determinar a causa e como pode ajudar o seu gato em casa.

Tal como os seres humanos, os gatos podem sofrer de alergias e dos sinais clínicos desconfortáveis de uma reação. Embora as alergias possam ser tratadas, descobrir o que está a causar a alergia do seu gato pode ser complicado e requer a ajuda do seu médico veterinário.

sinais clínicos de alergias em gatos

A pele do seu gato é o maior indicador de se este está, ou não, com uma alergia. Quando acaricia o seu gato, pode sentir pequenas crostas. Pode notar também que extensas zonas da pele, relativamente planas, estão vermelhas ou parecem inflamadas. Pode ainda reparar em lesões no rosto, no abdómen ou na parte externa das coxas. Os gatos com alergias arranham-se e coçam-se com frequência, por vezes excessivamente, e também podem limpar-se demasiado num esforço para aliviar qualquer desconforto. O resultado pode ser zonas com menos pelo, pelo quebradiço ou perda de pelo.

Por que razão é tão difícil determinar o tipo de alergia de um gato?

Existem três causas principais de alergia no gato: pulgas, algum alimento da sua dieta e alergénios no ambiente. Determinar qual destas causas está a provocar uma reação alérgica é difícil, tendo o médico veterinário de passar por um processo de exclusão de partes até determinar o que está a causar os sinais clínicos no gato.

O que irá o médico veterinário fazer para identificar a alergia do meu gato?

A primeira coisa que o seu médico veterinário fará é estabelecer se há alguma causa para os sinais clínicos do seu gato que não seja a reação alérgica. Muitos dos sinais clínicos que um gato com alergias apresenta são semelhantes aos causados por infeções parasitárias, infeções fúngicas (como a micose) e até mesmo problemas comportamentais. Todas estas causas terão de ser excluídas pelo seu médico veterinário antes de começar a determinar qual é a alergia.

O médico veterinário submeterá, assim, o seu gato a um tratamento para as pulgas. Os gatos podem desenvolver hipersensibilidade às picadas de pulga, coçando-se vigorosamente e provocando crostas ou lesões. O seu médico veterinário vai pedir-lhe para fazer um forte tratamento anti-pulgas, desinfestar quaisquer outros animais existentes na sua casa e tomar outras precauções, como limpar regularmente o ambiente onde vive o seu gato.

Gato adulto sentado num grande relvado exterior.

Se o seu gato ainda apresentar sinais clínicos de reação alérgica após o tratamento, o médico veterinário pode tentar descartar alergias alimentares, colocando-o numa dieta de exclusão. A dieta deverá durar cerca de oito semanas, período durante o qual o médico veterinário fornecerá ao seu gato a comida original, se os sinais clínicos do seu gato desaparecerem. Se os sinais clínicos reaparecerem, poderá concluir-se que o animal é sensível a algum elemento da dieta.

Se o processo da dieta de exclusão não for bem-sucedido, é provável que o seu gato sofra de uma alergia que exija a prescrição de medicamentos.

O impacto da dieta na alergia do seu gato

A dieta do seu gato afeta diretamente a pele, o maior órgão do corpo. Um alimento criado especificamente para gatos com pele hipersensível pode ajudar a limitar quaisquer reações adversas aos alimentos e promover o desenvolvimento de uma boa saúde da pele.

Estes alimentos têm proteínas e hidratos de carbono especialmente selecionados que são menos propensos a causar uma reação alérgica ao seu gato, ou seja, são alimentos altamente digeríveis que podem não ser geralmente usados na maior parte dos alimentos fabricados. O alimento também pode incluir ácidos gordos ómega 3 de cadeia longa, que ajudam a controlar reações dérmicas (como inflamação), e biotina, niacina e ácidos pantoténicos, que ajudam a prevenir que a pele do gato seque e reforçam a sua capacidade de se proteger contra elementos irritantes.

Se detetar qualquer sintoma de uma reação alérgica no seu gato, dirija-se ao médico veterinário mais próximo. Em conjunto com o médico veterinário, conseguirá determinar como pode estimular a saúde do seu gato e melhorar a qualidade da pele e do pelo.

  • Pele e pelagem saudáveis

Faça gosto e partilhe esta página

Artigos relacionados
Adult cat sat on a bed scratching under its chin

Caspa e pele seca do gato

Adult British Shorthair sitting down indoors scratching itself.

Por que razão o meu gato tem prurido?

Adult cat sitting outside scratching its ear.

Problemas de pele comuns em gatos

Encontrar um veterinário

Se estiver preocupado com a saúde do seu gato, consulte um veterinário para obter aconselhamento profissional.

Pesquisar perto de mim
Maine Coon adulto de pé, a preto e branco sobre um fundo branco
Cookie Settings