Ajudar os cães e os gatos a terem uma vida mais saudável.
Saúde e bem-estar

Alimentar o seu gato após uma cirurgia para apoiar a recuperação

Gato adulto de pé a comer de uma tigela prateada numa clínica veterinária.
A dieta do seu gato é uma das principais formas de lhe dar um bom começo no caminho para a recuperação. Descubra aqui como alimentar o seu gato após uma cirurgia para ajudar na sua recuperação.

Se o seu gato fez uma cirurgia recentemente, é importante cuidar dele da maneira certa para que tenha as melhores condições para recuperar de forma rápida e eficaz.

A cirurgia pode ser muito difícil para o seu gato, tanto mental como fisicamente. O seu corpo estará a esforçar-se para recuperar e manter a força, por isso, a dieta que der ao seu gato – e a forma como o alimenta – é crucial.

Como devo alimentar o meu gato após uma cirurgia?

É improvável que o corpo e o trato digestivo do seu gato consigam lidar com a mesma quantidade de alimento ingerida antes da cirurgia. A digestão e a absorção adequada dos nutrientes dos alimentos exigem muito do sistema do seu gato, e essa energia pode estar a ser direcionada para outros lugares para acelerar o processo de cura.

Peça ao seu médico veterinário aconselhamento sobre como alimentar o seu gato imediatamente após a cirurgia. Que quantidade deve dar depois de trazer o seu gato para casa? O seu gato precisa de uma mudança de dieta? A maioria dos médico veterinários recomendará uma porção mais pequena na noite após a alta do hospital, por exemplo, metade da porção normal, mas isso dependerá do seu gato e do tipo de cirurgia realizada. Muitos gatos não têm o seu apetite habitual depois de terem sido submetidos a cirurgia, mas fale com o seu médico veterinário se isso persistir.

Se o seu gato vomitar depois de comer no mesmo dia da cirurgia, peça ao seu médico veterinário para recomendar a melhor maneira de fazer o seu gato voltar ao plano de alimentação.

O seu gato pode ter que usar um colar de proteção para evitar que lamba ou coce a ferida; certifique-se de que isso não interfere ao comer e beber e, se for o caso, remova-o durante as refeições. Dependendo do tipo de cirurgia a que o seu gato foi submetido, pode necessitar de alimentação assistida através de um tubo de alimentação. Neste caso, fale com o seu médico veterinário sobre a melhor maneira de fazer isso.

Gato adulto de pé com um cone a comer de uma tigela branca num espaço interior.

Que alimentação deve o meu gato fazer após uma cirurgia?

O seu médico veterinário pode recomendar que dê ao seu gato uma dieta de «recuperação» após a operação. As dietas de recuperação são criadas para dar ao seu gato todos os nutrientes de que ele precisa para recuperar integralmente a saúde, minimizando o impacto no aparelho digestivo. Esta alimentação aumenta as quantidades de proteína, gordura e calorias, tornando-a altamente energética. Isto significa que o seu gato pode comer porções menores e ainda assim obter a energia e os nutrientes de que precisa. A proteína na dieta de recuperação ajuda no crescimento e reconstrução das células, devendo ser altamente digerível e, como tal, de fácil absorção.

Muitos gatos sentem geralmente pouco apetite após a cirurgia, portanto, qualquer alimentação de recuperação deve ser atrativa e apetitosa, constituída por croquetes ou pedaços de formato apetecível para incentivar os animais a comer.

Após a cirurgia, quando deve o meu gato voltar ao médico veterinário?

Com o cuidado e a dieta adequados, o seu gato recuperará totalmente a saúde pouco depois da cirurgia. No entanto, se identificar algum destes sinais clínicos, é fundamental que regresse ao médico veterinário:

  • Hemorragia
  • Vómitos, diarreia ou obstipação
  • Perda consistente de apetite ou diminuição do consumo de água
  • Depressão, fraqueza ou letargia
  • Tremores ou mudança na temperatura corporal
  • Instabilidade nas patas
  • Respiração difícil ou dolorosa

Ter cuidados adicionais com o seu gato depois de um procedimento cirúrgico significa que poderá recuperar mais rapidamente e voltar ao estado normal mais cedo. Se não souber qual a melhor forma de cuidar do seu gato, aconselhe-se com o médico veterinário.

  • Saúde digestiva

Faça gosto e partilhe esta página

Artigos relacionados
Adult cat sitting down outside in a garden next to a silver bowl.

Problemas digestivos comuns dos gatos

Gato adulto deitado num cobertor branco num espaço interior.

​Os sintomas de problemas digestivos no seu gato

Gato adulto deitado num cobertor bege num espaço interior.

Prevenir perturbações gástricas em gatos

Encontrar um veterinário

Se estiver preocupado com a saúde do seu gato, consulte um médico veterinário para obter aconselhamento profissional.

Pesquisar perto de mim
Se estiver preocupado com a saúde do seu gato, consulte um médico veterinário para obter aconselhamento profissional.
Cookie Settings