Ajudar os cães e os gatos a terem uma vida mais saudável.

Vírus da imunodeficiência felina

Kitten lying on a table being examined by a vet
O vírus da imunodeficiência felina (FIV) é o equivalente ao VIH nos gatos. Aproximadamente 1 a 5% dos gatos são infetados. Quando um gato é infetado pelo FIV, o vírus permanece no seu corpo persistentemente durante o resto da sua vida.

O que é o vírus da imunodeficiência felina?

O vírus da imunodeficiência felina (FIV) é o equivalente ao VIH nos gatos. É importante salientar que as pessoas não são infetadas pelo FIV, apesar de aproximadamente 1 a 5% dos gatos serem portadores do vírus.

Quando um gato é infetado pelo FIV, o vírus permanece no seu corpo persistentemente durante o resto da sua vida.

Como se transmite o FIV na comunidade felina?

O FIV é transmitido através de lutas e mordeduras, pelo que se observa com maior frequência em gatos mais jovens, não esterilizados, com acesso a espaços exteriores, especialmente na altura em que estão a definir um território.

Também pode ser transmitido através de transfusões de sangue, se o sangue não tiver sido previamente analisado.

O que acontece se os gatos forem infetados com o vírus da imunodeficiência felina?

O FIV progride muito lentamente ao longo de vários anos, destruindo os glóbulos brancos do gato. Isto significa que perde a capacidade de combater doenças. Essa redução do sistema imunológico resulta em suscetibilidade à infeção secundária, demorando igualmente mais tempo a vencer doenças e patologias cotidianas.

Quais são os sinais clínicos do FIV?

Um gato com FIV apresentará diversos sinais clínicos. Como tutor, deverá prestar atenção especial a qualquer:

  • Perda de peso
  • Febre
  • Infeção
  • Diarreia
  • Letargia

Os gatos afetados também podem desenvolver doenças neurológicas e alguns tipos de cancro.

Existem testes para detetar se o meu gato tem FIV?

O seu médico veterinário poderá determinar se o seu gato ou gatinho foi infetado com FIV através de uma análise ao sangue.

Se o meu gato tiver FIV, devo considerar a eutanásia?

Ter FIV não é motivo para recorrer à eutanásia, mas devem ser tidas precauções sanitárias adequadas e os gatos não devem andar livremente, pois há o risco de infetarem outros gatos.

É possível vacinar o meu gato ou gatinho contra o FIV?

Já existe uma vacina contra o vírus da imunodeficiência felina, aplicada desde 2002.

No que respeita à vacinação do seu gatinho, é necessário que compreenda as diferentes categorias de vacinas.

Existem especificamente duas categorias: "básicas" ou "recomendadas". Todas as vacinas básicas devem ser dadas a todos os gatinhos e gatos por médico veterinários, independentemente do seu estilo de vida.

As vacinas básicas incluem:

  • Gripe do gato - tanto herpesvírus felino (fHV) como calicivírus felino (FCV)
  • Vírus da panleucopenia felina (FPV)
  • Vírus da leucemia felina (FeLV)

A vacina contra o FIV não se enquadra na categoria das vacinas básicas, o que significa que nem todos os gatos ou gatinhos são obrigados a vacinar-se. As vacinas que se enquadram na categoria recomendada serão fornecidas pelo médico veterinário em função do estilo de vida do gato ou do gatinho.

Se esta questão o preocupar e quiser saber quais são as vacinas certas a administrar ao seu novo gatinho, fale com o seu médico veterinário e este irá dar-lhe sugestões com base em diversos fatores, incluindo se o seu gato frequentará espaços exteriores e se vai estar em contacto com outros gatos.

Quantas injeções serão administradas ao meu gato ou gatinho?

A vacinação contra o FIV inclui um ciclo de três injeções, com um intervalo de 2 a 4 semanas.

Quando é que o meu gato ficará protegido contra o FIV?

O seu gatinho só ficará protegido após a terceira injeção, o que significa que deverá mantê-lo em espaços interiores até essa altura.

A vacina contra o FIV requer um reforço?

O seu gatinho precisará de um reforço regular um ano após a segunda injeção e anualmente depois disso. O seu médico veterinário irá dar-lhe o plano de vacinação e lembrá-lo quando for necessário administrar os reforços.

Lembre-se, se não tiver a certeza de algum aspeto relacionado com as vacinas que o seu novo gatinho ou gato deve tomar, fale sempre com o seu médico veterinário.

  • Gatinho

Faça gosto e partilhe esta página

Nutrição feita à medida para o seu gatinho

Fórmulas nutricionais que ajudam a consolidar as defesas naturais do seu gatinho, apoiam o crescimento saudável e contribuem para o desenvolvimento do aparelho digestivo.

Content Block With Text And Image 1
Artigos relacionados
Kitten Sacred Birman sitting indoors eating from a white bowl.

Orientações de alimentação para gatinhos por fase de desenvolvimento

Adult cat sitting down drinking from a white bowl.

Nutrição para gatinhos explicada

Kitten cats walking outdoors in long grass.

5 principais acontecimentos no crescimento do seu gatinho

Encontrar um veterinário

Se estiver preocupado com a saúde do seu gato, consulte um veterinário para obter aconselhamento profissional.

Pesquisar perto de mim
Maine Coon adulto de pé, a preto e branco sobre um fundo branco