Como socializar um cão após um confinamento

03/10/2018

Durante a pandemia, as pessoas terão ficado em casa por períodos mais longos do que o habitual. Como resultado, algumas pessoas podem ter decidido comprar ou adotar um cachorro ou cão. Embora todo esse tempo extra juntos possa ajudar a reforçar o vínculo que partilham e a simplificar o treino, significa também que poderá ter havido menos oportunidades para explorar e experimentar o mundo lá fora.

Da mesma forma, os cães que anteriormente estavam socializados podem encontrar situações que mudaram durante o confinamento - encontrando mais praticantes de corrida e ciclistas durante os seus passeios, por exemplo. 

Os cães também estarão provavelmente cientes de que as pessoas usam uma máscara, o que muda consideravelmente os sinais visuais que usam frequentemente para reconhecer as emoções expressas.

É por isso que, à medida que a vida normal recomeça, deve tentar familiarizá-los ou reintroduzi-los em diferentes experiências através da socialização de cães e treino de familiarização.

Two dogs meeting outside whilst on a walk
Person jogging past a dog outside illustration

Porque é que a socialização do cão é importante?

A socialização é um processo de aprendizagem em que o seu cachorro é exposto ao mundo. Qualquer nova experiência que partilhe com ele é parte desta socialização e contribui para a sua capacidade de domínio da comunicação. Pode ser conhecer uma nova pessoa, outro cão, entrar num carro, ouvir um secador de cabelo ou simplesmente ir a um novo local.

A socialização adequada ajuda-os a relaxar e a desfrutar da vida, prepara-os com a resiliência necessária para lidar bem com a enorme variedade de experiências e eventos que irão encontrar e permite-lhes tornarem-se animais de estimação gratificantes. 
Author
— Instituto de Ciência de Cuidados de Animais de Estimação de Waltham

O principal período de socialização ocorre durante as primeiras semanas de vida do seu cachorro, no entanto, é importante continuar a socialização e a familiarização mesmo quando se trata de um cão adulto. Sem socialização, um cão pode tornar-se receoso ou mesmo agressivo em situações desconhecidas.

Quando devo começar o treino de socialização de cães?

Os cães são mais recetivos quando são cachorros, com idades entre as 3 e 14 semanas. Durante este período são rápidos a criar laços e são particularmente sensíveis ao seu ambiente. O seu médico veterinário pode dar-lhe os melhores conselhos sobre a altura em que o seu cachorro está pronto para a socialização (com base na sua idade e vacinação).

Apesar destes primeiros encontros desempenharem um papel muito importante no futuro equilíbrio emocional de um cão, a socialização não termina às 14 semanas. Eles continuarão a aprender ao longo da sua vida e as suas reações a situações familiares podem mudar - um cão jovem pode sentir-se à vontade num carro no início, mas uma experiência negativa pode torná-lo ansioso. 

Da mesma forma, os cães adultos que foram pouco ou mal socializados como cachorros podem aprender novos comportamentos e sentirem-se confortáveis em situações anteriormente stressantes. No entanto, socializar cachorros requer uma abordagem diferente.

Como socializar um cachorro

O seu médico veterinário pode dar-lhe os melhores conselhos sobre quando um cachorro está pronto para a socialização (em função na sua idade e estado de vacinação) e poderá então tirar proveito das bases de socialização previamente ensinadas pela mãe do cachorro, ou seja as bases que o seu cachorro já possui e desenvolvê-las.

O objetivo é expor o seu cachorro a tantas sensações novas quanto possível enquanto ainda não tiver atingido as 14 semanas; para o deixar ver, ouvir, tocar e cheirar o mundo à sua volta.

Cada nova interação que tenham com um cão, uma pessoa, ou no seu ambiente, funcionará como ponto de referência na sua vida posterior. Quantas mais experiências positivas tiverem como cachorros, mais confortáveis se sentirão como adultos.

Mas as experiências negativas também terão um impacto duradouro, por isso, tal como faria com um cão adulto ou sénior, deve socializá-los cuidadosamente, observando constantemente os seus comportamentos durante uma experiência e analisando a suas respostas.  

Se não conseguiu levar o seu cachorro à rua tantas vezes quanto gostaria devido ao confinamento, pode começar por levá-lo a passear ao exterior visitando a casa de um amigo (se permitido), ou interagindo com cães que saiba estarem totalmente vacinados e sejam bem comportados.

O distanciamento social torna a socialização de cachorros e cães mais difícil do que antes, mas ainda se pode observar o mundo como um todo e interagir com pessoas e outros cães a uma distância segura.

Tente sempre adaptar o seu treino de socialização de acordo com o nível de bem-estar do seu cachorro - alguns têm comportamentos inatos que os tornam naturalmente ansiosos. Peça ao seu médico veterinário conselhos individuais sobre o seu cachorro. 

Owner taking dog for a walk

Socialização de cães adultos

Infelizmente, nem todos os cães serão devidamente socializados enquanto cachorros.

Pode ter adotado um cão adulto ou sénior que foi sempre mantido no interior, ou talvez o seu cachorro estivesse demasiado doente para explorar o mundo exterior quando era jovem. Pode ainda ter ficado confinado com o seu cachorro.

Seja qual for a razão, se o seu cão não tiver a possibiliade de socializar na altura ideal, verá que a introdução de experiências desconhecidas lhe trará mais desafios à medida que a idade vai avançando. Mas ainda é certamente possível que o seu cão progrida, com alguma paciência e uma abordagem lenta e constante.

Ansiedade social nos cães

Se o seu cão fica nervoso ou agressivo quando outros cães ou pessoas estão por perto, talvez ladrando ou procurando uma oportunidade para fugir, pode ser um sinal de que precisa de ser socializado.

Pode também verificar novos comportamentos que se desenvolvem ao longo do tempo ou que aparecem com uma mudança na rotina. Um cão adotado durante a pandemia ter-se-á habituado a estar perto de si e poderá sentir ansiedade por separação quando tiver de ficar sozinho. Pode também ter ficado receoso de outros cães depois de ter estado tanto tempo dentro de casa. Saiba mais sobre a ansiedade por separação em cães, aqui.

Como socializar um cão sénior

É importante ser realista ao socializar os cães adultos. Se não o fizeram enquanto cachorros, estarão a partir em desvantagem e pode não ser possível pô-los à vontade com tudo o que encontram. 

Dependendo dos antecedentes do seu cão, o seu objetivo pode ser apenas introduzir estímulos suficientes para que se possa sentir seguro e protegido no seu ambiente habitual e não no mundo inteiro em geral.

O segredo a ter em conta é não apressar um cão sénior. Não absorverão novas experiências como um cachorro, pelo que deve trabalhar a um ritmo que lhes convenha.

A melhor forma de começar é encontrar um ambiente em que o seu cão já se sinta confortável, e progredir lentamente a partir daí. Por exemplo, se estiver a tentar apresentar amigos e familiares, peça-lhes que se aproximem do seu cão, com coleira, lentamente e um de cada vez, mantendo as suas vozes baixas e calmas. Deixe-os dar ao seu cão os seus brinquedos e se este mostrar alguma ansiedade, termine a sessão e tente noutra altura. É importante terminar uma sessão de socialização de forma positiva, por isso lembre-se de trazer brinquedos e guloseimas.

O incentivo, a positividade e a paciência desempenharão um grande papel na socialização do seu cão - assim como as recompensas! Sempre que fizer progressos ou tentar vencer os seus medos, recompense-o com elogios, brinquedos ou guloseimas preferidas. Lembre-se apenas de limitar o número de guloseimas que dá e reduzir o tamanho das suas refeições principais para equilibrar a sua ingestão alimentar.

A socialização dos cães adultos pode demorar muito tempo, e pode encontrar contratempos ao longo do caminho. Mas não desanime, pois o benefício a longo prazo, tanto para si como para o seu cão, valerá a pena o tempo e o esforço. Por favor, consulte sempre o seu médico veterinário, uma vez que ele é o melhor recurso para o apoiar na socialização do seu cachorro ou cão.

Voltar ao topo