Os motivos pelos quais a taurina é tão importante para os gatos e cães

Gato e cão adultos deitados no chão de uma cozinha
Os nutrientes são cruciais para permitir que o organismo dos gatos e cães funcione adequadamente. Quando se pensa em alimentos para animais de estimação, é comum dar destaque aos ingredientes de uma fórmula como, por exemplo, o tipo e as fontes de proteína utilizadas. Mas, na verdade, os ingredientes são apenas os veículos que servem para transportar os nutrientes, sendo estes o que na verdade mais importa. Os gatos ou cães nunca sofrerão as consequências da privação de carne de frango especificamente, por exemplo, mas poderão ressentir-se com a carência de nutrientes, como a taurina.

O que são nutrientes?

Os nutrientes classificam-se geralmente em duas grandes categorias:

  • Macronutrientes - as proteínas, as gorduras e os hidratos de carbono, que devem ser incorporados em maiores quantidades, acabando por compor a maior parte do alimento.
  • Micronutrientes - que incluem as vitaminas e os sais minerais e são essenciais, sendo, contudo, necessários em quantidades muito menores.

Os nutrientes têm quatro funções principais:

  • Desenvolvimento e mantutenção corporal: os músculos, os órgãos, o pelo e a pele são constituídos por proteínas, por exemplo.
  • Fornecimento de energia: as gorduras, os hidratos de carbonos e as proteínas permitem que o organismo dos animais gere calor, movimento e outras formas de energia.
  • Dar início e controlar certos processos fisiológicos e metabólicos: o ferro, por exemplo, é utilizado nos glóbulos vermelhos do sangue para ajudar a transportar o oxigénio por todo o corpo.
  • Nutrir e proteger o organismo: alguns nutrientes promovem a saúde e ajudam a combater os efeitos do envelhecimento, enquanto outros ajudam na recuperação e cicatrização, por exemplo.

Funções da taurina

A taurina é um aminoácido encontrado nos tecidos e órgãos de todo o organismo, incluindo nos músculos, coração, cérebro e retina, desempenhando também muitas outras funções importantes. Por exemplo:

  • Dá suporte à função cardíaca
  • Favoreve a adequada circulação sanguína
  • Dá suporte à retina, sendo importante para a visão
  • Promove a saúde do aparelho reprodutor.
  • Tem um efeito antioxidante que ajuda a proteger as células contra o envelhecimento

Retina Função reprodutora Coração Taurina

As funções da taurina nos gatos

A taurina é um dos nutrientes que é essencial incluir na alimentação do seu gato, uma vez que os gatos não conseguem produzi-la sozinhos. Se o alimento do gato tiver um teor de taurina insuficiente, os animais poderão sofrer uma deficiência em taurina, o que pode causar uma variedade de problemas de saúde graves.

Pode, por exemplo, levar à degeneração da retina e ao estado de cegueira. Pode retardar o crescimento do animal e afetar o seu aparelho e função reprodutora. Além disso, existe também uma ligação entre a deficiência em taurina e um problema cardíaco grave, designado cardiomiopatia dilatada (CMD).

Qual a quantidade de taurina ideal para os gatos?

No caso dos alimentos comerciais para animais de estimação, o requisito mínimo de taurina para gatos adultos é de 25 mg/100 kcal nos alimentos secos e de 50 mg/100 kcal nos alimentos húmidos (Association of American Feed Control Officials, publicação de 2018). No entanto, os requisitos em taurina podem variar de gato para gato, por isso é sempre melhor consultar o seu médico veterinário, caso receie que o seu gato não esteja a receber uma quantidade de taurina suficiente.

Requisito mínimo de taurina para gatos adultos 25 mg/ 100 kcal Alimento seco 50 mg/ 100 kcal Alimento húmido

As funções da taurina nos cães

Os cães têm a capacidade de produzir taurina a partir de dois outros aminoácidos: a cisteína e a metionina. Por este motivo (e ao contrário do que se passa com os gatos), a taurina não é considerada como sendo um nutriente essencial na alimentação destes animais. No entanto, por causa dos muitos benefícios de saúde que oferece, a taurina pode ser um nutriente importante a incluir ainda assim nos alimentos para cães. Especialmente porque alguns cães podem efetivamente sofrer de deficiência de taurina.

Tal como acontece com os gatos, os baixos níveis em taurina no sangue podem estar associados a cardiomiopatia dilatada (CMD), o que se verifica em algumas raças de cães com maior predisposição para este problema.

Qual a quantidade de taurina ideal para os cães?

Os requisitos mínimos em taurina não foram ainda definidos oficialmente nos alimentos comerciais para cães. Se estiver preocupado com a possibilidade de o seu cão poder sofrer de uma deficiência em taurina, ou se desejar aconselhar-se sobre a quantidade de taurina de que o seu cão necessita na respetiva alimentação, contactepor favor o seu médico veterinário assistente.

Sintomas de deficiência de taurina em cães e gatos

Como a taurina tem benefícios tão amplos para a saúde, os sintomas de que o seu gato ou cão apresenta uma deficiência em taurina podem variar bastante e incluir:

  • Visão comprometida (perda de acuidade visual)
  • Atraso no crescimento
  • Doença cardíaca
  • Dificuldades respiratórias (secundárias ao problema cardíaco)
  • Perda de audição
  • Problemas reprodutivos

Se o seu gato ou cão apresentar algum destes sintomas, ou se tiver qualquer outra preocupação sobre a saúde do seu animal, é sempre melhor levá-lo ao médico veterinário para realizar um check-up.

Como incluir a taurina na dieta do seu gato ou cão

As fontes mais ricas em taurina encontram-se na carne de vaca, porco, borrego, na carne de aves (incluindo órgãos internos, como fígado e rins), no marisco e nos ovos. A taurina não se encontra em alimentos de origem vegetal. Na Royal Canin, todos os nossos alimentos para gatos e cães incluem taurina, como parte de uma combinação de nutrientes cuidadosamente equilibrada e concebida para cada requisito específico da raça ou relativo a questões de saúde, por exemplo.

Gato adulto Shorthair Britânico a comer de uma tigela prateada

Temos a clara noção de que a qualidade, bem como a quantidade, de proteína na alimentação dos gatos e dos cães pode desempenhar um papel vital na prevenção da deficiência em taurina (bem como de outros problemas de saúde). Por isso, a Royal Canin utiliza proteínas de elevada digestibilidade. Isto ajuda o seu animal de estimação a absorver o máximo possível de nutrientes a partir do alimento consumido. Para saber mais sobre as soluções nutricionais da Royal Canin, consulte as nossas gamas ou pergunte na sua loja do canal especializado ou na sua clínica veterinária.

  • A saúde através da nutrição
Artigos relacionados
Labrador Retriever adulto numa cozinha a olhar para uma tigela de comida

A comida para o meu cão ou gato é nutritiva?

Gato cinzento numa cozinha a comer de uma tigela vermelha

A comida confecionada em casa é uma escolha saudável para o meu gato?

Fábrica Royal Canin em França

Segurança nos alimentos para animais de estimação: as perguntas que deve colocar aos fabricantes

Pastor Alemão adulto e gato Abissínio em pé a preto e branco sobre fundo branco

A abordagem da Royal Canin à nutrição

Na Royal Canin, centramos os nossos esforços na identificação das necessidades únicas dos cães e dos gatos. Tudo o que fazemos é concebido para criar fórmulas nutricionais personalizadas, de forma a promover a saúde e o bem-estar contínuo dos animais. Saiba mais sobre a nossa abordagem científica à nutrição para animais de estimação.

A nossa abordagem nutricional

Navegar nas nossas gamas de produtos

Cada fórmula Royal Canin foi criada com o objetivo de fornecer nutrição personalizada de acordo com as necessidades do seu animal de estimação, tendo em conta a raça, a idade, o estilo de vida ou as sensibilidades do animal. Navegue pela linha completa de produtos e descubra como podemos ajudar o seu animal de estimação a desfrutar do máximo de saúde possível.

Explorar as gamas de produtos