Ajudar os cães e os gatos a terem uma vida mais saudável.
Saúde e bem-estar

Riscos de saúde de gatos com excesso de peso e obesos

Adult Scottish Straight sitting on an examination table being checked over by a vet.
De problemas cardiovasculares a tensão mental, existem muitos riscos de saúde sérios e que alteram a vida para gatos com excesso de peso e obesos.

A obesidade nos gatos é um problema crescente, tal como na população humana. Pode ter um impacto sério e vitalício num gato, afetando a sua saúde, qualidade de vida e funções fisiológicas.

Alguns gatos têm predisposição para a obesidade?

Existem alguns fatores que podem tornar o seu gato mais propenso a debater-se com problemas de aumento de peso e obesidade:

  • Se for um gato do tipo europeu de pelo curto, em vez de uma raça pura.
  • Se tiver entre cinco e 10 anos de idade, quando a sua atividade começar a diminuir.
  • Se for alimentado com muita frequência e mais do que a porção recomendada.
  • Se estiver nervoso, deprimido ou se sofreu com tensão mental ou emocional.
  • Se for macho.

Se o seu gato foi esterilizado, também é mais provável que ganhe peso; a cirurgia reduz a necessidade de energia do seu gato em pouco menos de um terço, mas o seu apetite pode aumentar entre 18% e 26%.

Por que motivo ter excesso de peso ou ser obeso afeta o meu gato?

Quando o seu gato tem excesso de peso ou é obeso, o seu corpo começa a armazenar a energia que consome sob forma de tecido adiposo, em vez de usá-la, porque a energia que gasta é menor do que a energia que consome. Essa gordura começa a afetar as funções fisiológicas, uma vez que se infiltra em órgãos específicos, como o fígado, ou "cobre" outros, como as artérias. O peso extra exerce pressão sobre o sistema interno e articulações do seu gato, levando a uma série de riscos para a saúde.

Gato adulto deitado numa marquesa a ser examinado por um veterinário.

Que riscos corre o meu gato se tiver excesso de peso ou for obeso?

Em geral, a obesidade pode reduzir a qualidade e a esperança de vida do seu gato. É mais difícil para o seu gato brincar e movimentar-se, e os procedimentos cirúrgicos ou check-ups tornam-se mais difíceis de realizar.

Diabetes

Os gatos obesos correm um risco muito mais elevado de contrair a diabetes - 80% a 90% dos gatos obesos têm diabetes, o que requer injeções diárias de insulina. Muitas vezes, a diabetes pode ser revertida se o excesso de peso for perdido, pois a gordura acumulada que é diretamente responsável pela falha na regulação da glicose deixa de estar presente.

Sistema imunitário comprometido

O sistema imunitário do seu gato pode ficar comprometido se ele estiver obeso, o que o torna mais suscetível a contrair infeções. Isto inclui infeções urinárias e cálculos que ocorrem quando os gatos com excesso de peso são menos ativos, bebem menos água e urinam com menos frequência do que os gatos saudáveis.

Insuficiência hepática

A insuficiência hepática consiste num risco grave e potencialmente fatal nos gatos obesos. Quando o organismo do gato sente uma descompensação na nutrição - por exemplo, se o fornecimento constante de alimentos for interrompido - a gordura é transferida do armazenamento do fígado para ser utilizada como energia. No entanto, o organismo não consegue gerir esse processo de forma eficaz, o que leva ao mau funcionamento do fígado, podendo causar uma insuficiência hepática fatal e falência do fígado.

Limpeza e bem-estar mental

Com o excesso de peso, os gatos têm dificuldade em limpar-se, o que pode causar problemas de pele. Nesse sentido, o peso a mais coloca pressão sobre as articulações do seu gato que pode sofrer de artrites. Os sistemas cardiovascular e respiratório também são afetados, podendo causar falta de ar e problemas cardíacos.

Um gato com excesso de peso ou obeso também pode ficar com a saúde mental afetada. Em vez de fugirem ou de se esconderem quando sentem perigo, os gatos com excesso de peso não conseguem reagir rapidamente e, portanto, não conseguem seguir os seus instintos, o que lhes pode causar desconforto.

Com a dieta, os exercícios e os comportamentos adequados, poderá proteger o seu gato dos riscos provenientes do excesso de peso ou da obesidade. Numa primeira fase, fale com o seu médico veterinário que poderá aconselhá-lo sobre o passo mais indicado a dar. 

  • Peso saudável

Faça gosto e partilhe esta página

Artigos relacionados
Adult cat lying down indoors on a wooden floor playing with a cat toy.

​Manter o seu gato com um peso saudável

Adult Russian running outside on long grass.

Como ajudar o seu gato a perder peso

Gato adulto sentado a comer de uma tigela prateada num espaço interior.

Como ajudar o seu gato a ganhar peso

Encontrar um veterinário

Se estiver preocupado com a saúde do seu gato, consulte um veterinário para obter aconselhamento profissional.

Pesquisar perto de mim
Content Block With Text And Image 1
Cookie Settings