Ajudar os cães e os gatos a terem uma vida mais saudável.

​Como tratar um gato com questões relacionadas com o trato urinário

Gato adulto deitado numa marquesa a ser examinado por um veterinário.
Através de intervenção médica, a dieta certa e um melhor estilo de vida, você e o seu médico veterinário podem trabalhar juntos para tratar os problemas relacionados com o trato urinário do seu gato. Saiba como neste artigo.

É comum os gatos terem problemas relacionados com o trato urinário, mas felizmente estas podem ser tratadas de forma muito eficaz combinando mudanças de estilo de vida e dieta. Se tiver notado alterações no comportamento do seu gato ao urinar, o primeiro passo é visitar o médico veterinário.

O seu médico veterinário e os problemas relacionados com o trato urinário do seu gato

Quando comparecer na consulta, o médico veterinário irá realizar um exame completo e colocar perguntas sobre os sinais clínicos que o seu gato manifesta. Estes podem incluir esforço para urinar, urinar em volumes menores do que o normal ou não urinar de todo, exibir desconforto ao urinar e urina com uma cor rosada (indicando a presença de sangue).

Se o seu médico veterinário determinar que o seu gato tem uma infeção, irá tratar esta patologia com agentes antibacterianos. Os problemas relacionados com o trato urinário devidas a infeções, como cistite, são raras nos gatos, mas o seu médico veterinário poderá excluir esta hipótese.

O seu médico veterinário poderá perceber que o seu gato tem uma "pedra". Por este termo designa-se a acumulação de minerais específicos na urina do seu gato, que normalmente seria capaz de processar e expelir pela micção. Estes minerais cristalizam-se e formam uma pedra, muito à semelhança dos cálculos renais nos seres humanos. Estas pedras podem irritar e inflamar os órgãos urinários do seu gato, causando dor.

Dependendo do diagnóstico e da situação clínica, o médico veterinário irá remover cirurgicamente a pedra e analisá-la quimicamente. Através deste processo, poderá descobrir a composição exata da pedra, o que é essencial, pois diferentes tipos de pedras requerem tratamentos diferentes. O seu médico veterinário também poderá recomendar uma dieta especificamente concebida para dissolver efetivamente os cálculos urinários.

O tratamento de problemas relacionados com o trato urinário no gato, especialmente se são idiopáticas - isto é, sem uma causa identificável - é um compromisso de longo prazo em que o seu médico veterinário o poderá apoiar. 

Gato adulto deitado numa marquesa a ser examinado por um veterinário.

Tratar as questões relacionadas com o trato urinário do seu gato em casa

Após a consulta inicial, o seu médico veterinário pode aconselhá-lo a mudar alguns aspetos do estilo de vida do seu gato para ajudar a manter a saúde do trato urinário. Os gatos com excesso de peso correm mais risco de ter cálculos porque bebem e urinam com menos frequência, por isso o seu médico veterinário pode sugerir que os ajude a perder peso e que aumente a sua atividade.

Os gatos também podem sofrer de problemas relacionados com o trato urinário devido ao stress em casa. Isto inclui o stress que pode ser transferido do tutor para o gato, o stress de viver numa casa com vários gatos ou de ter sofrido uma mudança significativa no estilo de vida. O seu médico veterinário pode sugerir o seguinte para reduzir esse stress:

  • Certificar-se de que o seu gato tem acesso permanente, fácil e seguro à caixa sanitária
  • Limitar a interação entre gatos que não se entendem em sua casa
  • Modificar o ambiente do seu gato para ser mais estimulante ou seguro
  • Medicação anti-ansiedade, difusores de feromonas ou alimentos terapêuticos

Tratar as questões relacionadas com o trato urinário do seu gato através da dieta

A dieta do seu gato pode desempenhar um papel eficaz no apoio à saúde do trato urinário através do reequilíbrio do pH da urina e limitando a quantidade de sais minerais que têm o potencial de cristalizar e causar cálculos. A alimentação também deve conter fontes de proteína de elevada qualidade, que reduzem a pressão nos rins e evitam esforços desnecessários.

Os alimentos húmidos podem ser úteis, pois contêm uma percentagem elevada de água, incentivando o gato a urinar com mais frequência e a limpar o sistema urinário. No entanto, se o seu gato preferir alimentos secos, pode incentivá-lo a beber mais água usando fontes de água corrente, enchendo a tigela de água até à borda para facilitar o acesso e evitando colocar a tigela perto de locais movimentados, caixas sanitárias ou áreas de alimentação. Também pode oferecer águas “aromatizadas”, como a água passada por uma lata de atum, ou a água passada por camarões cozidos descongelados.

É crucial consultar o seu médico veterinário antes de iniciar a manutenção em casa do sistema urinário do seu gato, para o caso de haver uma questão mais urgente que precise de atenção médica. O seu médico veterinário poderá aconselhá-lo sobre o melhor tipo de ação e apoiá-lo em cada etapa.

  • Saúde do trato urinário

Faça gosto e partilhe esta página

Artigos relacionados
Gato adulto deitado num soalho de madeira escura num espaço interior.

Problemas vesicais nos gatos

Adult cat standing indoors next to a silver bowl.

​De que forma a dieta do seu gato afeta a saúde do trato urinário

Adult cat lying down indoors.

Incontinência urinária em gatos

Encontrar um veterinário

Se estiver preocupado com a saúde do seu gato, consulte um veterinário para obter aconselhamento profissional.

Pesquisar perto de mim
Se estiver preocupado com a saúde do seu gato, consulte um médico veterinário para obter aconselhamento profissional.