Ajudar os cães e os gatos a terem uma vida mais saudável.

A esgana em gatos

Kitten being held by a vet in a clinic
O vírus da panleucopenia felina (FPV), também chamado parvovírus felino, é uma doença viral altamente infeciosa e potencialmente fatal que afeta gatinhos e gatos.

O que é a panleucopenia felina?

O vírus da panleucopenia felina (FPV), também chamado parvovírus felino, é uma doença viral altamente infeciosa e potencialmente fatal que afeta gatinhos e gatos adultos.

Quais são os sinais clínicos da panleucopenia felina?

Um gatinho ou um gato com FPV apresentará vários sinais clínicos diferentes. Esteja atento a qualquer um dos seguintes:

  • Febre
  • Depressão
  • Vómito
  • Diarreia (muitas vezes com sangue)
  • Desidratação

Pode também resultar em morte repentina. Os gatos que sobrevivem nos primeiros dias tornam-se imunodeprimidos e perdem a função do seu sistema imunitário. Tal acontece porque quando o vírus está presente no organismo provoca uma escassez de células sanguíneas, incluindo os glóbulos brancos, que são fundamentais para combater a infeção.

Se uma gata gestante for infetada, é provável que aborte, tenha nados-mortos ou dê à luz gatinhos com desenvolvimento cerebral anormal (hipoplasia cerebelar).

A panleucopenia felina ainda é comum em gatos e gatinhos?

O FPV já está bem controlado em gatos de estimação devido à vacinação generalizada, no entanto, ainda pode haver surtos em gatos de abrigo e em populações de gatos selvagens. Quando isto acontece, há uma taxa de mortalidade muito elevada.

Que mais devo saber sobre a panleucopenia felina?

A primeira coisa a ter em conta é que é muito contagiosa. Especificamente, é iniciada por um parvovírus que existe há muito tempo num ambiente específico – isso pode demorar várias semanas ou mais, dependendo das condições.

O vírus pode, portanto, ser espalhado sob os pés. É por isso que é importante vacinar o seu gatinho, porque o risco de contaminação é muito real, mesmo que nunca saia.

Devo vacinar o meu gatinho contra a panleucopenia felina?

A vacinação contra o FPV é essencial para todos os gatos. Existem duas categorias de vacinas, "básicas" e "recomendadas". Todas as vacinas básicas devem ser dadas a todos os gatinhos e gatos, independentemente do estilo de vida destes. A panleucopenia felina está na categoria básica, juntamente com o herpesvírus e o calcivírus.

É vital que o seu médico veterinário administre estas vacinas ao seu novo gatinho.

Quando é que o meu gatinho deve tomar a vacina contra o FPV?

O ciclo de vacinação contra o FPV consiste em duas injeções, com intervalo de três a quatro semanas. O seu gatinho pode já ter tomado a primeira injeção antes de chegar a si, já que a primeira toma pode ser entre as sete e as nove semanas.

Verifique sempre se receberam a primeira injeção antes de levá-los para casa. Uma vez em casa, terá de contactar o seu médico veterinário para organizar a segunda injeção.

Quando é que estarão protegidos contra o vírus?

O seu gatinho só ficará protegido após a segunda injeção, o que significa que deve mantê-lo em espaços interiores até essa altura.

Existem várias empresas diferentes que fornecem vacinas e o protocolo varia entre elas, por isso, certifique-se de que fala com o seu médico veterinário sobre os preparativos exatos para as injeções do seu gatinho.

A vacina contra o FPV requer um reforço?

O seu gatinho precisará de um reforço regular um ano após a segunda injeção e anualmente depois disso.

A imunidade contra diferentes doenças mantém-se durante períodos de tempo diferentes e, portanto o seu gato não receberá necessariamente o mesmo reforço em cada ano. Fale com o seu médico veterinário, pois ele poderá explicar quais as doenças contra as quais está a vacinar em cada consulta.

A que é que devo estar atento antes de escolher um gatil?

Depois da panleucopenia felina entrar numa população, é muito difícil eliminá-la devido à natureza do vírus.

Existem medidas específicas que devem ser adotadas por todos os bons gatis para ajudar a evitar a sua disseminação e a reduzir o efeito que pode ter na saúde de um gato.

Devem ser implementadas medidas sanitárias rigorosas, incluindo:

  • Setorização – estabelecimento de setores específicos para quarentena e enfermaria
  • O princípio do fluxo para a frente – criação de um circuito unidirecional dos gatos de maior risco para o setor que contém os gatos de menor risco
  • Limpeza e desinfeção adequadas – nem todos os desinfetantes funcionam contra o FPV; portanto, é essencial garantir que os produtos de limpeza usados pelo gatil são eficazes contra ele.

É importante perguntar no gatil se têm essas medidas preventivas implementadas.

Como o FPV é tão infecioso e potencialmente fatal, é vital garantir que o seu gatinho recebe as injeções adequadas na idade certa, seguidas de reforços anuais. Se tiver algum tipo de dúvida em relação ao plano de vacinação do seu gatinho, fale sempre com o seu médico veterinário.

  • Crescimento intenso

Faça gosto e partilhe esta página

Nutrição feita à medida para o seu gatinho

Fórmulas nutricionais que ajudam a consolidar as defesas naturais do seu gatinho, apoiam o crescimento saudável e contribuem para o desenvolvimento do aparelho digestivo.

Content Block With Text And Image 1
Artigos relacionados
Two kitten cats one lying down one standing up playing with each other indoors with a brown dog lying down behind.

Sugestões para treinar o seu gatinho

Young cat lying down on an examination table being checked over by a vet.

Parasitas internos em gatos

Adult cat running outdoors on gravel.

Como ajudar o seu gatinho a manter-se em forma

Encontrar um veterinário

Se estiver preocupado com a saúde do seu gato, consulte um veterinário para obter aconselhamento profissional.

Pesquisar perto de mim
Maine Coon adulto de pé, a preto e branco sobre um fundo branco