Ajudar os cães e os gatos a terem uma vida mais saudável.
Gatinho

Como alimentar gatinhos

Kitten cat sitting indoors by an orange food bowl.
Após as primeiras semanas, pode começar a introduzir alimentos sólidos na alimentação do seu gatinho para fomentar o crescimento. Mas como pode escolher a melhor comida?

Nas primeiras semanas de vida, o seu gatinho alimentar-se-á exclusivamente de leite materno. Mas depois disso, é importante introduzir alimentos nutricionalmente indicados na alimentação do seu gatinho que fomentará o crescimento naquele primeiro ano crucial.

O que precisa de ter a primeira comida do meu gatinho?

O seu gatinho crescerá rapidamente nos primeiros meses, e embora o crescimento diminua após esse tempo, ainda precisará da nutrição adequada para fomentar o desenvolvimento saudável dos órgãos, dos músculos e do esqueleto.

Um alimento formulado com precisão garante que o seu gatinho receba os nutrientes exatos necessários nas quantidades certas para fornecer as proteínas, as vitaminas, os sais minerais e outros elementos que são essenciais para um desenvolvimento saudável.

Além de satisfazer os requisitos nutricionais únicos do seu gatinho, o primeiro alimento deve ser adequado para os dentes e para o seu jovem aparelho digestivo. Para os gatos, o cheiro e a textura dos alimentos são um fator decisivo mais importante do que o sabor, mas como os gatinhos mantêm os dentes de leite até aos quatro meses de idade, é importante que escolha ração de tamanho adequado para facilitar a mastigação. É benéfico introduzir alimentos húmidos na alimentação do seu gatinho, pois pode trazer benefícios à saúde e ser difícil de introduzir mais tarde na vida.

Do nascimento aos quatro meses, o seu gatinho passa por um intenso período de crescimento que ajuda a formar um esqueleto e massa muscular fortes. Para isso, precisa de proteína e de outros nutrientes essenciais à sua dieta, como antioxidantes, para suporte do sistema imunológico.

Entre os 4 e os 12 meses, o crescimento do seu gatinho diminui, mas este continuará a ter uma grande necessidade de energia à medida que começa a explorar o meio que o rodeia e o corpo continua a crescer e a desenvolver massa muscular. No entanto, o seu aparelho digestivo ainda está a amadurecer, por isso escolha um alimento denso em energia e de elevada digestibilidade que dê ao seu gatinho tudo aquilo de que precisa.

Gatinho sentado junto de uma tigela prateada num espaço interior.

Pode dar comida crua aos gatinhos?

Embora existam benefícios identificados em alimentar o seu gatinho com uma dieta de "alimentos crus" – ou seja, uma que consiste em carne crua misturada com outros ingredientes em casa – é importante entender os riscos que isso pode representar para a saúde do seu gatinho.

Em primeiro lugar, a comida caseira sem cálculos nutricionais específicos e profissionais não garante o equilíbrio adequado dos nutrientes essenciais para o crescimento. A maioria dos preparados caseiros tende a ser deficiente em pelo menos um dos vários nutrientes essenciais. Além disso, um alimento cru pode ser contaminado por bactérias que podem causar uma intoxicação alimentar.

Quando devo mudar a comida do meu gatinho?

Depois de quatro semanas, o seu gatinho começará a mostrar interesse por comida sólida – normalmente a da mãe! A partir deste ponto, pode re-hidratar croquetes secos com água ou leite de gatinho para obter uma consistência mais macia, e permitir que o gatinho cheire, toque e coma isso.

Se o seu gatinho for um pouco mais velho quando chega a sua casa, é melhor manter a comida que o criador ou tutor originais deram ao seu gatinho para evitar transtornos digestivos e stress desnecessário. Quando estiver adaptado, pode fazer a transição para um alimento diferente, misturando quantidades progressivamente maiores do novo alimento com o antigo durante um período de sete dias.

Se tiver dúvidas sobre a melhor opção de dieta para o seu gatinho, consulte o seu médico veterinário, que poderá aconselhá-lo melhor.

Pautas de alimentação do gatinho?

Uma boa alimentação do gatinho não só consiste em escolher a comida mais adequada para ele, mas também é preciso ter em conta outras coisas, tais como: qual a frequência com que deve comer; que quantidade diária deve dar-lhe; se deve ter horários ou um determinado lugar para comer e estabelecer como rotinas de alimentação do gatinho.

Qual a frequência com que come um gatinho?

Um gatinho recém-nascido toma até oito biberões por dia, número que se vai reduzindo com o tempo. Depois do desmame, o número de vezes que o gatinho come por dia dependerá de cada um, pois por natureza o gato toma várias e pequenas tomas por dia. Por isso, recomendamos que calcule a ração recomendada e deixe-a disponível para que ele a vá comendo de acordo com o próprio ritmo.

Que quantidade deve comer um gatinho por dia?

A quantidade de comida diária que deve dar ao gatinho depende do tamanho e da idade dele. É melhor que siga as indicações da tabela de racionamento das embalagens e adaptá-la no caso de ver que aumenta muito de peso ou, pelo contrário, se está muito magro. Pela própria natureza, os gatos tendem a fazer refeições muito pequenas, mas várias por dia, entre 12 e 20 ao longo do dia. Por isso, recomendamos que calcule a ração adequada e deixe à disposição dele. Se ainda assim tem dúvidas sobre a quantidade que deve comer um gatinho, o veterinário é quem melhor o pode ajudar.

O gatinho deve ter horários de refeições?

Pelo contrário, se prefere racioná-la é conveniente que seja rigoroso com esse horário, entre outras coisas, para que o gatinho não tenha ansiedade com a comida.

O gatinho deve ter um determinado espaço para comer?

O gato é um animal de hábitos, por isso, é bastante conveniente que tenha sempre a comida num determinado lugar. Também é importante que este lugar seja muito fácil de limpar. No entanto, não gosta de comer perto da bandeja de areia. Na medida do possível, tente que a água não esteja perto do comedouro para evitar sujá-la com os croquetes.

Outras quatro coisas importantes na alimentação do gatinho

Que quantidade de água é que se dá a um gatinho?

Como a água é fundamental para todos os processos do organismo, a resposta é muito simples: o gatinho deve ter sempre água ao alcance dele, limpa e fresca para que possa beber quando quiser. Fresca não significa fria, já que isto pode prejudicá-lo. Se vir que o gatinho não bebe água, deve consultar o veterinário para impedir uma possível desidratação.

Devo dar suplementos aos gatinhos?

Quando a dieta do gatinho tem todos os nutrientes necessários na proporção adequada, como com os alimentos da Royal Canin, não é preciso dar suplementos nutricionais. As vitaminas adicionais para gatinhos também não fazem falta, inclusivamente podem ser prejudiciais.

Porque é que o gatinho não quer comida para gato?

Esta rejeição costuma ser mais habitual nos gatos que tomam alimentos diferentes aos que estão habituados. Por isso, tente não lhe dar comida preparada para si, somente a dele.

Pode misturar diferentes alimentos?

Não misture alimentos formulados para atender a diferentes necessidades com a ideia de conseguir o efeito dos dois alimentos, isto o único que faz é desequilibrar a dieta dele.

  • Crescimento intenso

Faça gosto e partilhe esta página

Nutrição feita à medida para o seu gatinho

Fórmulas nutricionais que ajudam a consolidar as defesas naturais do seu gatinho, apoiam o crescimento saudável e contribuem para o desenvolvimento do aparelho digestivo.

Saber mais
Content Block With Text And Image 1
Artigos relacionados
Kitten cat sitting next to its owner playing with their hands.

Apresentar o gatinho aos membros da família

Young cat lying down on an examination table being checked over by a vet.

Chlamydophila felis

Kitten cat standing on a wooden windowsill.

Preparar a sua casa para o seu novo gatinho

Cookie Settings