Ajudar os cães e os gatos a terem uma vida mais saudável.

Apresentar os cães a gatos e outros animais de estimação

Adult Dachshund lying down on a rug with a black and white cat.
Ao trazer um novo cachorro ou cão para uma casa com animais de estimação existentes, é importante respeitar as necessidades de todos os animais, de modo a alcançar uma coexistência bem-sucedida.

Os cães tendem a cumprir hierarquias rígidas nos seus relacionamentos, pelo que quando o seu novo animal de estimação conhecer outros animais no lar, eles precisam de estabelecer os seus próprios papéis e hierarquia para viverem harmoniosamente.

Quando chega o momento das apresentações, é importante respeitar as necessidades dos animais existentes, bem como as do novo cão, a fim de manter a paz e promover uma coexistência bem-sucedida.

Perceber se os seus animais de estimação são compatíveis

  • Fale com o criador ou o pessoal do abrigo: Antes de trazer um cachorro para casa, fale com o criador ou o pessoal do abrigo sobre as medidas que foram tomadas para o socializar. Descubra como o cachorro se comporta na companhia de outros cães e se teve alguma exposição a gatos, caso tenha gatos em casa.
  • Inicie as apresentações antes de chegar a casa: Antes de trazer o seu cachorro para casa, pode dar-lhe um cobertor ou brinquedo de sua casa para que possa acostumar-se ao cheiro dos seus animais de estimação existentes e vice-versa, antes de os apresentar.
  • Descubra se existem questões pré-existentes: Se estiver a resgatar um cão, é importante falar com o pessoal do abrigo sobre quaisquer animais de estimação existentes antes de tomar a decisão de o trazer para casa, para perceber se o cão tem algum problema manifesto com outros animais.
  • Dê-lhes tempo: lembre-se de apresentá-los gradualmente e não espere que se aceitem instantaneamente. Levará algum tempo para os animais existentes aceitarem o novo membro da família e, para o recém-chegado, será também um grande ajuste.

Apresentar o seu novo cachorro a cães existentes

  • Apresente gradualmente o seu novo animal de estimação: quando o cachorro chegar a casa, coloque-o numa área pequena, calma e segura, sem outros animais de estimação, para que se familiarize gradualmente com o novo ambiente.
  • Supervisione encontros prévios: ao apresentar um novo cão ou cachorro a qualquer animal de estimação existente, um adulto responsável deve estar sempre presente para supervisionar.
  • Apresente-os em território neutro: comece por apresentar os seus cães fora de casa, numa área neutra. Certifique-se de que os cães estão com a trela e que os consegue controlar a ambos. Deixe-os cheirarem-se e inspecionarem-se.
  • Seja paciente: não grite com o cão mais velho se não reagir da maneira pretendida. Dê-lhe bastante tempo para se acostumar ao novo cão.
  • Mantenha-os na trela: quando se parecerem estar a dar bem, mantenha-os nas trelas e caminhe com eles, cada um do seu lado, de volta para casa, e faça com que entrem juntos na casa. Deixe-os com as trelas para o caso de precisar de pegar num deles rapidamente - é muito mais fácil pegar numa trela e controlar o cão do que tentar agarrar o cão, especialmente se ocorrer uma luta.
  • Espere até se sentir à vontade: assim que estiver certo de que os cães estão pacíficos, pode remover as trelas dentro de casa.

Welsh Corgi Cardigan adulto de pé a ser apresentado a um cão branco num espaço exterior.

Sugestões para uma convivência pacífica

  • Preste especial atenção às cadelas. Apesar do que se possa pensar, sabe-se que as cadelas estão mais envolvidas em agressões do que os cães e que a luta entre cadelas é mais difícil de resolver.
  • Deixe que estabeleçam a hierarquia. Permita que definam a sua própria dinâmica e dê prioridade ao cão dominante. Os cães têm uma mentalidade de matilha e precisam de ter uma posição claramente definida dentro do grupo.
  • Preste bastante atenção aos horários das refeições. As lutas entre cães geralmente ocorrem à hora da refeição, pois há um elemento de rivalidade entre eles. Nestes momentos, dê prioridade ao cão dominante. Pode inclusivamente considerar separar as áreas de alimentação de cada um.

Apresentar o seu novo cachorro a gatos residentes

Se o seu gato atual já conhece e gosta de cães, este processo será muito mais fácil, no entanto, há passos que pode dar facilitar o processo e que incluem:

  • Manter a calma e o controlo: Deixe o seu cão liderar e mantenha-o calmo quando os apresentar pela primeira vez. Não se esqueça de recompensar o seu cão por se manter calmo.
  • Dê a ambos bastante espaço. Certifique-se de que o seu gato não possa ficar encurralado num canto e escolha um espaço onde se sinta confortável e onde haja lugares para se esconder. Idealmente, o gato deverá ter acesso a áreas mais elevadas do que o cão.
  • Dê-lhes tempo. Não tente forçar o seu gato a entrar em contacto com o novo cão. Deixe-o aproximar-se ao seu próprio ritmo.

A apresentação de novos animais de estimação a animais residentes leva tempo e nem sempre consiste num relacionamento imediatamente fácil. No entanto, ao colocar questões sobre o temperamento e as experiências do seu novo cão antes de o trazer para casa, e respeitando as necessidades do seu novo cão e dos animais de estimação residentes, poderá gradualmente compreender como irão interagir um com o outro e trabalhar para um relacionamento bem-sucedido e pacífico entre ambos.

  • Treino e comportamento
  • Será que um cão é indicado para si

Faça gosto e partilhe esta página

Artigos relacionados
Adult English Cocker Spaniel sitting indoors while a woman grooms its ears.

O custo de ter um cão

Adult Golden Retriever walking on a street with adult and child walking behind.

Aspetos a considerar antes de arranjar um cão

Responsabilidade de ter um cão

Saber mais sobre raças de cães

Pesquisar raças

Ver todas as raças
Cachorro Dachshund a saltar, a preto e branco sobre um fundo branco