Devo dar ao meu cão comida confecionada em casa?

Cão de pequeno porte em pé em espaço interior junto a tigela de comida para cão vermelha
Confecionar em casa a comida para o seu cão pode parecer-lhe uma abordagem com bastantes benefícios para o seu animal de estimação. Mas as necessidades nutricionais de um cão são complexas e muitas vezes não podem ser satisfeitas apenas com os ingredientes que temos geralmente disponíveis nas nossas despensas. Aqui está tudo o que precisa de saber sobre comida caseira para cães.

Cada vez mais, a comida caseira é ponderada pelos tutores que esperam fornecer aos seus cães uma alimentação mais variada e com uma gama mais ampla de sabores. Mas embora as "recompensas" (ou "extras") e as refeições confecionadas em casa pareçam muitas vezes prazeirosas de preparar, os riscos de confecionar os alimentos para o seu cão podem muitas vezes exceder quaisquer benefícios. Os alimentos para animais de estimação precisam de ser confecionados com todo o cuidado e incluir uma mistura de nutrientes rigorosamente equilibrados.

A finalidade do aporte diário em nutrientes para os cães

De acordo com o Pet Food Institute, existem mais de 40 nutrientes de que o seu cão necessita diariamente para permanecer saudável1. Cada um deles deve ser fornecidos de forma equilibrada e precisa, já que uma quantidade insuficiente ou excessiva de um único nutriente pode causar problemas de desnutrição e uma saúde debilitada. Os nutrientes essenciais da dieta diária do seu cão afetam todos os aspetos da saúde do animal, tendo em conta que:

Fornecer energia Desenvolvimentoe manutenção corporal Maneio de problemas de saúde Promover a cicatrização Apoiar a saúde de pele e do pelo

Uma fórmula nutricional equilibrada

Os nutrientes essenciais distribuem-se entre seis famílias nutricionais, que desempenham um papel crucial na manutenção da saúde do seu cão:

Ilustração de uma galinha cozinhada

Proteína

As proteínas são necessárias para variadíssimas funções, entre as quais se encontra a manutenção da massa muscular e são uma fonte essencial de aminoácidos. Como tal, os cães necessitam de teores proteicos alimentares bastante consideráveis. Normalmente, a proteína provém de fontes como carne, peixe, ovos, laticínios, cereais ou algumas verduras.

Ilustração de uma garrafa de óleo que representa a gordura

Gorduras

Os óleos vegetais e os óleos de certos peixes, bem como algumas fontes de gorduras  animais, podem fornecer os lípidos, ou gorduras, de que o seu cão necessita para suportar as funções corporais saudáveis, a formação de células e a absorção de algumas vitaminas.

Ilustração de grãos a representar hidratos de carbono

Hidratos de carbono

Os hidratos de carbono são uma das 3 fontes de energia e a sua incorporação nos alimentos permite que outros nutrientes que também contêm calorias sejam utilizados noutras funções, como é o caso das proteínas que são cruciais para a manutenção da massa muscular. Embora não sejam indispensáveis, é recomendável incluirna alimentação dos cães outros hidratos de carbono como as fibras que, na proporção e mistura ideais, vão contribuir para a saúde do trato digestivo dos animais.

Ilustração de pedaço de carne

Vitaminas e Sais minerais

Os ingredientes que podemos utilizar para preparar uma comida caseira para cães, podem ser deficientes em determinadas vitaminas e sais minerais, sendo portanto necessário administrar um suplemento específico para compensar os nutrientes essenciais em falta ou reequilibrar o alimento final. A carne, por exemplo, tem um baixo teor em cálcio, mas um elevado teor em fósforo. É importante ter a certeza de que estes níveis são regulados com precisão, pois quaisquer oscilações podem causar problemas ósseos nos cães.

Ilustração de uma garrafa de água

Água

A água é o principal constituinte do organismo de um animal. O seu cão deve ter sempre disponível água fresca potável e limpa para prevenir a desidratação. A água é fundamental para a regulação da temperatura corporal, da mobilidade intestinal, para a distribuição dos nutrientes pelos tecidos e também para a eliminação dos resíduos do organismo.

As necessidades diárias de cada nutriente são determinadas por fatores como a idade, raça, peso, estilo de vida, sensibilidades e problemas de saúde, podendo também mudar ao longo da vida do animal.

Até uma cadela adulta saudável pode sofrer várias alterações em termos de necessidades nutricionais, seja devido a mudanças nos seus níveis de atividade, seja por estar grávida de uma ninhada, ou consoante o ambiente em que vive. Os cães que vivem num ambiente urbano, por exemplo, podem ter necessidades diferentes dos animais de estimação que vivem em áreas mais rurais.

Pode confecionar a comida para o seu cão?

Confecionar a comida para o seu cão pode ser incrivelmente complexo. Antes mesmo de colocar a hipótese de alterar o regime alimentar do seu animal de estimação, é importante consultar um médico veterinário especialista em nutrição, que calculará o aporte calórico diário para o seu cão e os respetivos requisitos em nutrientes. A raça, a idade, o peso, o nível de atividade, a condição corporal, problemas de saúde e o estilo de vida, serão tomados em consideração ao desenvolver o perfil nutricional do seu animal de estimação e cada nutriente deve ser incorporado de forma precisa.

Border Collie adulto a correr num campo

Uma vez determinados os requisitos nutricionais do seu animal de estimação e depois de lhe ser fornecida uma receita equilibrada, formulada por médico veterinário especialista em nutrição, precisará de reservar alguns materiais de cozinha que deverão ser utilizados unicamente para a preparação da alimentação do seu cão. Também deverá aplicar rigorosas normas de higiene ao longo do processo de preparação para evitar o risco de contaminação bacteriana.

Selecionar os ingredientes certos de forma a fornecer cada nutriente na porção correcta, também pode ser desafiante. O médico veterinário especialista em nutrição selecionará ingredientes específicos para que o seu cão obtenha cada nutriente na quantidade adequada. Alguns ingredientes que parecem nutritivos para nós, podem na verdade ser tóxicos para o seu cão. As uvas, por exemplo, são uma fonte conhecida de vitamina C e K para humanos, mas são incrivelmente tóxicas para os cães.

Mesmo com ingredientes seguros para cães, quem não estiver habituado a preparar alimentos para animais de estimação, poderá sentir dificuldades em conseguir obter os nutrientes certos nas quantidades certas, além de correr um risco de sobrealimentação ou subnutrição dos animais, se feito indevidamente.

Embora possa ser fácil encontrar receitas de comida caseira para animais de estimação, é importante considerar que, mesmo com o equipamento certo e os ingredientes seguros e nutritivos, ainda pode ser muito difícil criar uma nutrição completa e equilibrada a partir de casa. Antes de se empenhar com a confeção caseira de comida para animais de estimação, é aconselhável consultar um nutricionista veterinário com o conhecimento científico e nutricional adequado e que possa assegurar totalmente a saúde e o bem-estar do cão através de dietas caseiras.

Os cães não são como os humanos

Ao considerar confecionar a comida do seu animal em casa, vale a pena recordar que os cães são muito diferentes dos humanos, tanto nutricionalmente quanto em termos de hábitos alimentares.

O sabor é menos importante para os cães do que para os humanos. Temos 9 000 papilas gustativas, enquanto os cães têm 1 700, portanto, o paladar dos cães é menos desenvolvido.2

 

Enquanto humanos, mastigamos e saboreamos a nossa comida, mas os cães mordem e rasgam, o que significa que mastigam menos e comem mais depressa. Os alimentos permanecem menos tempo no palato dos cães.

Ao contrário dos humanos, os cães não requerem uma alimentação variada. Na verdade, alterar a alimentação dos cães muito rapidamente pode causar perturbações gastrointestinais. Se alguma vez tiver que mudar o alimento do seu animal de estimação, é importante fazê-lo lentamente e por fases. Consulte aqui o nosso guia para saber mais.

O mais importante para os cães é a combinação do aroma, da textura e da temperatura dos alimentos, bem como a regularidade e a rotina da refeição. A aparência, cor e variedade dos alimentos não são importantes para o seu cão e, na verdade, existe o risco de surgirem problemas digestivos se a alimentação do animal for alterada de forma brusca.

Ilustração de humano e cão

Cálcio 1000 mg 1280 mg Cobre 1,3 mg 4,2 mg Zinco 8 mg 42 mg Vitamina D 200 IE 380 IE Vitamina B12 3 µg 25 µg Humano Cão

A comida confecionada em casa é adequada para o meu cão?

O seu cão depende de si para se alimentar e para lhe dar todos os nutrientes que o mantêm saudável, por isso é importante que tenha em consideração o que é certo para ele.

Embora a comida para cães confecionada em casa possa parecer satisfatória de preparar, deve ser feita em condições higiénicas rigorosas e nas quantidades exatas para que seja segura e nutritiva o suficiente. Obter ingredientes de qualidade também pode ser complicado e dispendioso.

Pode vir a constatar que a comida pré-confecionada e nutricionalmente equilibrada, especialmente adaptada para a idade, o tamanho, a raça e a saúde do seu cão, é uma opção mais fácil e melhor para si e para o seu animal de estimação. Com a Royal Canin, cada nutriente é metodicamente investigado pelos nossos cientistas e nutricionistas especializados em animais de estimação, e rigorosamente ajustado para manter o seu cão no seu melhor.

1 https://www.petfoodinstitute.org/pet-food-matters/ingredients/all-about-function

2 Everything you need to know about the role played by Nutrients for the health of Cats & Dogs, Pr Dominique Grandjean, 2006, Royal Canin SAS

  • A saúde através da nutrição
Artigos relacionados
Labrador Retriever adulto numa cozinha a olhar para uma tigela de comida

A comida para o meu cão ou gato é nutritiva?

Gato e cão adultos deitados no chão de uma cozinha

Os motivos pelos quais a taurina é tão importante para os gatos e cães

Gato cinzento numa cozinha a comer de uma tigela vermelha

A comida confecionada em casa é uma escolha saudável para o meu gato?

Pastor Alemão adulto e gato Abissínio em pé a preto e branco sobre fundo branco

A abordagem da Royal Canin à nutrição

Na Royal Canin, centramos os nossos esforços na identificação das necessidades únicas dos cães e dos gatos. Tudo o que fazemos é concebido para criar fórmulas nutricionais personalizadas, de forma a promover a saúde e o bem-estar contínuo dos animais. Saiba mais sobre a nossa abordagem científica à nutrição para animais de estimação.

A nossa abordagem nutricional

Navegar nas nossas gamas de produtos

Cada fórmula Royal Canin foi criada com o objetivo de fornecer nutrição personalizada de acordo com as necessidades do seu animal de estimação, tendo em conta a raça, a idade, o estilo de vida ou as sensibilidades do animal. Navegue pela linha completa de produtos e descubra como podemos ajudar o seu animal de estimação a desfrutar do máximo de saúde possível.

Explorar as gamas