Ajudar os cães e os gatos a terem uma vida mais saudável.
Saúde e bem-estar

Porque é que o meu cão se coça com tanta frequência?

Puppy Jack Russell sitting outdoors scratching itself.
Se o seu cão começou a ter mais comichão e a coçar-se com mais frequência do que o normal, isso pode dever-se a um dos seguintes problemas comuns.

O seu cão é adepto de cuidar de si próprio, o que inclui coçar-se ocasionalmente para se livrar de insetos e outros elementos irritantes. Contudo, se reparar que o seu cão está constantemente a coçar-se durante vários dias ou se notar que a pele dele está inflamada, isso pode indicar que algo está errado.

Coceira do cão devido a insetos e pulgas

Uma das causas mais comuns para o seu cão se coçar constantemente é ter um parasita. Entre os parasitas, incluem-se as pulgas, os piolhos e outros insetos ou ácaros. Todos eles podem causar irritação no seu cão. O tratamento para as pulgas deve ser um elemento regular na rotina com o seu cão para reduzir o risco de infestação. No caso dos ácaros e de outros parasitas externos presentes nas casas, pode evitar que a pele do seu cão fique irritada aspirando regularmente e dando ao seu cão um colchão ou cama antiácaros.

No entanto, o seu cão pode estar a coçar-se por outro motivo mais complexo: alergias.

O seu cão e as alergias

Alguns cães têm predisposição genética para as reações alérgicas da pele, denominadas "dermatites atópicas". A dermatite atópica afeta um número significativo da população canina nalguns países e algumas raças (por exemplo, o Bulldog Francês, o Pastor Alemão ou o Labrador Retriever) encontram-se em maior risco do que outras.

A dermatite atópica ocorre porque o sistema imunológico do seu cão está a dar uma resposta excessiva a um elemento ambiental ou dietético normal, reagindo excessivamente. Isso faz com que se coce vigorosamente, tentando aliviar o desconforto. Este comportamento pode trazer problemas dérmicos quando a pele fica gretada ou ulcerada, ficando o cão mais suscetível de contrair outras infeções.

Pastor Alemão adulto de pé num espaço exterior.

A que tipo de coisas são os cães alérgicos?

Existem várias coisas a que os cães podem ser geralmente alérgicos. Estas incluem fatores ambientais, como penas, bolores ou ácaros, alguns dos quais são sazonais, como pólen de árvores ou relva. Também incluem alimentos específicos, como determinados produtos lácteos, carne de vaca, frango, ovos, soja ou alguns cereais. As reações alérgicas acontecem quando o seu cão foi sensibilizado a algo no início da sua vida e, a partir de então, tem uma reação adversa. Ao detetar sinais precoces de reações alérgicas, tem uma melhor probabilidade de encontrar o melhor tratamento para este estado de saúde vitalício.

Como é que o meu cão será testado para a deteção de alergias?

É importante levar o seu cão ao médico veterinário se suspeitar que tem alergia a alguma coisa; o seu médico veterinário fará uma série de perguntas para saber mais sobre os sinais clínicos do cão e, em seguida, realizará diferentes testes para saber qual pode ser o alérgeno. Estes podem incluir raspagem e exames de sangue, e se o médico veterinário suspeitar da existência uma alergia alimentar, ser-lhe-á pedido que coloque o seu cão numa dieta de exclusão de oito a 12 semanas.

Isto permite que o médico veterinário identifique o alimento específico que está provocar a reação alérgica do seu cão alimentando-o com uma fonte de alimento totalmente nova e, em seguida, reintroduzindo as antigas fontes de alimento, uma de cada vez, e monitorizando o resultado.

Cuidar da pele do seu cão

Existem algumas maneiras simples de cuidar da pele do seu cão, o que ajudará a aliviar qualquer reação alérgica, além de garantir que é o mais saudável possível. Lavar o seu cão regularmente com um champô especializado ajuda a mantê-lo limpo e pode acalmar a sua pele, oferecendo alívio imediato. Os tratamentos tópicos como géis e cremes também estão disponíveis para cuidados médicos.

Pode também apoiar o seu cão dando-lhe um alimento rico em nutrientes conhecidos por apoiarem a saúde da sua pele. Isso inclui ácidos gordos essenciais ómega 3 e ómega 6, que desempenham um papel em ajudar a manter uma barreira de pele saudável, antioxidantes e aloé vera, que é considerada como uma adição útil na gestão de alguns problemas de pele.

É importante consultar o seu médico veterinário se o seu cão apresentar comichão ou coceira durante vários dias e pode também falar com o mesmo em qualquer momento para saber mais sobre como cuidar da pele do seu cão.

  • Pele e pelagem saudáveis

Faça gosto e partilhe esta página

Artigos relacionados
Golden Retriever adulto de pé a comer de uma tigela prateada num espaço interior.

De que forma a dieta do seu cão afeta a pele

Adult Irish Terrier lying down by a window being brushed.

​Por que é que o meu cão está a perder pelo?

Adult Jack Russell walking through a field with face close to the grass.

Alergias de pele em cães

Encontrar um veterinário

Se estiver preocupado com a saúde do seu cão, consulte um médico veterinário para obter aconselhamento profissional.

Pesquisar perto de mim
Jack Russell Terrier adulto de pé, a preto e branco sobre um fundo branco
Cookie Settings