Como ajudar cães e gatos a viver uma vida mais saudável.
Filhote de Pastor Alemão em preto e branco sentado sobre um fundo branco

Compreendendo o comportamento do seu filhote

Você é um parceiro social importante para seu filhote e, independentemente de ele estar tentando chamar sua atenção ou não, é importante entender seu comportamento, como ele se expressa e o significado por trás de suas ações.

A linguagem corporal do seu cão filhote

Seu cão filhote não pode se comunicar por meio da fala, então observe a linguagem corporal e tente reconhecer como você pode atender às necessidades dele.

Filhote preto lambendo o rosto de um garoto

Relaxado

Uma postura relaxada ou calma é considerada o ponto neutro para todas as outras linguagens corporais. É importante saber qual é a linguagem corporal básica de seu filhote, para que você possa reconhecer quaisquer mudanças sutis no comportamento.

1. Cauda

A cauda do seu filhote de cão provavelmente estará em uma posição abaixada, mas não entre as pernas. Se ele estiver relaxado, a cauda poderá balançar lentamente.

2. Postura

Quando um filhote de cão está relaxado, seu peso será distribuído uniformemente pelas pernas, sem nenhuma tensão no corpo.

3. Orelhas

Se o seu filhote de cão estiver relaxado, as orelhas ficarão em uma posição neutra, nem para frente nem para trás.

4. Olhos

Piscar devagar também pode ser um sinal de que seu filhote de cão está relaxado.

Alerta

Se seu filhote estiver demonstrando linguagem corporal de alerta, isso significa que algo chamou a atenção. Isso não é exclusivamente uma reação a algo negativo e apenas mostra o interesse do filhote em itens/situações específicas. Dito isso, preste muita atenção ao desenvolvimento do comportamento de seu filhote para ter certeza de que ele se sente confortável e confiante em cada situação.

1. Cauda

Seu filhote de cão manterá a cauda na posição vertical. Ele também pode estar abanando a cauda.

2. Postura

O corpo do seu filhote de cão pode estar tenso quando ele está alerta. Ele também pode esta inclinado em suas patas dianteiras, verificando qualquer coisa que tenha chamado sua atenção.

3. Orelhas

Um sinal de um filhote de cão alerta são as orelhas eretas e ligeiramente para a frente. Se seu filhote de cão tiver orelhas caídas, essa mudança poderá ser mais sutil.

4. Olhos

Um filhote de cão alerta observará de perto o que chamou sua atenção.

5. Boca

Um filhote de cão alerta geralmente fica com a boca totalmente fechada.

Brincalhão

Uma indicação comum de um filhote brincalhão é o "arco" estereotipado, ou seja, seu corpo inclinado. Além dessa postura, um filhote brincalhão também pode ser reconhecido por seus movimentos exagerados. Envolver seu cão filhote em brincadeiras divertidas quando ele apresentar essa linguagem corporal é uma ótima forma de garantir que ele receba bastante estímulo físico e mental.

1. Cauda

Um filhote de cão brincalhão pode erguer o rabo bem alto enquanto o abana.

2. Postura

O arqueamento do corpo ou mudanças rápidas no comportamento, como perseguir e lutar, pode indicar que seu filhote de cão está brincalhão.

3. Orelhas

Orelha em pé indica que seu filhote de cão está pronto para brincar. Se seu filhote de cão tiver orelhas caídas, essa mudança poderá ser mais sutil.

4. Sons

Se o seu filhote de cão estiver animado, ele poderá latir durante a brincadeira.

5. Boca

Muitas vezes, os filhotes brincalhões ficam com a boca aberta e a língua para fora.

Medroso

É importante reconhecer os sinais de medo ou angústia em seu filhote. Se o seu cãozinho parecer estar com medo, você deve retirá-lo do estímulo e deixar que ele se acalme.

1. Cauda

Um filhote de cão com medo colocará o rabo entre as pernas.

2. Postura

Seu filhote de cão pode abaixar o corpo e virar a cabeça para longe do que está causando medo. Isso pode fazer com que pareça que ele está andando de lado. Ele pode levantar uma pata dianteira, bocejar ou lamber os lábios como uma indicação de ansiedade.

3. Orelhas

As orelhas puxadas para trás podem ser um sinal de que o filhote de cão está com medo.

4. Sons

Se o seu filhote de cão estiver com medo, ele também poderá expressar isso choramingando.

5. Olhos

Se o seu filhote de cão estiver com medo, ele poderá evitar olhar diretamente para o que quer que tenha causado incômodo.

Agressão defensiva

Cães filhotes que demonstram este comportamento estão com medo e podem atacar se forem provocados. É importante prestar muita atenção à linguagem corporal de seu filhote e evitar forçá-lo demais.

1. Cauda

Um filhote de cão defensivamente agressivo pode colocar o rabo entre as pernas.

2. Postura

Um filhote de cão agressivo e defensivo pode ficar em uma posição agachada com a cauda dobrada para baixo. Os pelos das costas e a cauda podem ficar levantados e ele pode se inclinar para trás e agachar as pernas.

3. Sons

Rosnar é um indicador comum de defesa e agressão em filhotes.

4. Orelhas

Se o seu filhote de cão estiver exibindo uma agressão defensiva, as orelhas geralmente ficarão puxadas para trás e achatadas junto à cabeça.

5. Olhos

Os olhos de um filhote de cão defensivamente agressivo podem estar arregalados e com pupilas dilatadas. Como seu filhote de cão está com medo, ele provavelmente não fará contato visual direto. Em vez disso, virará o corpo ou a cabeça para o lado.

6. Boca

Se o seu filhote de cão estiver defensivamente agressivo, ele poderá puxar os cantos da boca para trás e revelar os dentes.

Agressão ofensiva

Se seu filhote estiver demostrando comportamento agressivo, é importante tentar difundir a situação antes que ele ataque.

1. Cauda

Se o filhote de cão inclinar a cauda para cima, isso poderá ser uma indicação de agressão. Os pelos da cauda também podem eriçar.

2. Postura

Um filhote de cão exibindo agressão ofensiva terá uma postura muito forte. Seu filhote de cão ficará em pé e inclinado para a frente nas patas dianteiras.

3. Sons

Se seu filhote de cão estiver rosnando para outros cães ou pessoas enquanto também se inclina para frente, isso é um sinal de agressão.

4. Orelhas

As orelhas de um filhote de cão ofensivo e agressivo podem estar apontando para a frente, levantadas o mais alto possível.

5. Olhos

Se o seu filhote de cão estiver demonstrando agressão, ele pode estar fazendo contato visual direto com o que quer que tenha causado o comportamento.

6. Boca

Um filhote de cão ofensivamente agressivo curvará a boca e o nariz para trás.

Incentivando o bom comportamento

A evolução do comportamento de um cão

A domesticação viu os cães mudarem de animais selvagens para animais domésticos, o que resultou em mudanças comportamentais drásticas. Como os cães não precisam mais procurar comida ou buscar abrigo, eles precisam ser capazes de comunicar suas necessidades aos tutores, o que eles aprendem a fazer desde cedo.

Filhote de Husky caminhando ao ar livre entre grama e galhos

Comportamento do filhote explicado

Descubra alguns dos motivos que podem estar por trás do comportamento do seu filhote.

Seu filhote pode estar passando por ansiedade de separação. Para evitar isso, apresente ao seu cão a ideia de ficar sozinho. Se seu cão puder ficar sozinho em casa por pelo menos 30 minutos, geralmente é mais fácil para ele ficar por períodos mais longos.

Isso pode ser devido ao tédio ou à curiosidade; no entanto, às vezes, pode estar associado a doenças específicas. Se você estiver preocupado com o comportamento de seu cãozinho, consulte o médico-veterinário.

Isso pode ser um sinal de solidão, ansiedade ou tédio, por isso é essencial fornecer brinquedos para morder e muito exercício. Evite o comportamento de morder redirecionando a atenção dele para um brinquedo e não castigue o filhote, pois isso às vezes pode aumentar o mau comportamento.

Se o seu cãozinho não fez exercícios o suficiente, talvez ele esteja tentando gastar o excesso de energia cavando. Seu filhote também pode estar inclinado a enterrar os brinquedos ou mordedores, então fique de olho se ele estiver carregando esses itens para fora. Ele também pode estar tentando se refrescar, deitando-se no solo recém-escavado se estiver com muito calor.

A respiração ofegante excessiva é possivelmente um sinal de que ele está com muito calor, mas também pode indicar estresse se ele estiver em uma situação desconfortável. A respiração ofegante excessiva pode ser um sinal de doença, então sempre consulte um médico-veterinário se não tiver certeza.

Alguns sugerem que os filhotes rolam nas fezes porque isso ajuda a disfarçar o cheiro. Esse comportamento remete a uma época em que os cães não eram domesticados. Outros dizem que o cão faz isso simplesmente porque gosta do cheiro!

O nariz dos cães é frio por conta da umidade que evapora, então, se não houver evaporação, o nariz ficará quente. O nariz do seu filhote nunca deve estar seco ou rachado. Caso isso aconteça, consulte um médico-veterinário se estiver preocupado.

Cães filhotes têm um curto período de atenção ao aprender novas habilidades, então é possível que suas sessões de treinamento atuais estejam muito longas se houver muita distração. Tente manter as sessões por no máximo cinco minutos, escolha um local de treinamento quieto e familiar, e garanta que o filhote não seja distraído.

É mais provável que este seja um problema mais comum para filhotes com menos de seis meses de idade. Algumas pessoas sugerem que eles fazem isso caso tiverem deficiência de vitaminas, parasitas internos ou simplesmente quando estiverem entediados.

Seu cãozinho pode estar chateado por vários motivos, incluindo fome, solidão, ferimentos, tédio ou porque precisa ir ao banheiro. Interpretar o contexto e sua linguagem corporal usando nossas dicas acima pode dar a você uma ideia do que ele deseja.

Anteriormente, pensava-se que cão comia grama para induzir o vômito. No entanto, uma explicação mais provável é que ele simplesmente gosta de comê-la.

Isso pode ser um sinal de que seu filhote está tentando comunicar algo, como afeto. Em situações novas, eles podem lamber o rosto de um estranho para tentar descobrir suas intenções.

Primeiro, é importante descartar problemas médicos, então entre em contato com seu médico-veterinário se estiver preocupado. Outros motivos para tremer podem incluir estresse, medo, empolgação e baixas temperaturas. Tente se lembrar do que estava acontecendo antes que seu filhote começasse a tremer para descobrir a causa.

Se você estiver preocupado com comportamento anormal do seu cãozinho, é sempre aconselhável falar com um médico-veterinário.

Saúde do seu filhote

Saiba tudo sobre a saúde e o bem-estar do seu filhote e como perceber os sinais iniciais de doença.

Saúde do cão filhote
Filhote de Jack Russell Terrier em pé em preto e branco sobre um fundo branco

Treinamento de um cão filhote

Compreenda o básico do treinamento de filhotes e ensine-os a ser um membro da família bem comportado.

Treinamento de um cão filhote
Filhotes de Dachshund em preto e branco brincando